POLÍTICA NACIONAL XI

Área Histórica e de História do Fórum NETVASCO, destinada a arquivar os Tópicos antigos da área \'Economia, Política e Temas Sociais\' , postadas um dia em nosso Fórum, que tem como um dos principais diferenciais, manter intacta toda a sua História de 2004 até os dias atuais.

Quem deve ser eleito presidente do Brasil em 2018?

Alvaro Dias
0
Não há votos registrados
Cabo Daciolo
3
1%
Ciro Gomes
52
19%
Eymael
1
0%
Fernando Haddad (Lula)
10
4%
Geraldo Alckmin
1
0%
Guilherme Boulos
3
1%
Henrique Meirelles
0
Não há votos registrados
Jair Bolsonaro
149
55%
João Amoêdo
39
14%
João Goulart Filho
2
1%
Marina Silva
11
4%
Vera Lúcia
2
1%
 
Total de votos: 273

Avatar do usuário
Wagnersac
Benemérito
Benemérito
Mensagens: 8664
Registrado em: 29 Dez 2015, 22:36
Localização: Copacabana - RJ
Contato:

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por Wagnersac » 15 Set 2018, 01:02

luizito1985 escreveu:
15 Set 2018, 00:41
Wagnersac escreveu:
15 Set 2018, 00:21
Cara, não se faça de bobo.

Vc sabe que eu estou falando especificamente do Comandante do Exército.

Quando se fala em "demissão", se quer dizer na perda do cargo de confiança, não da expulsão do Exército ou da perda da patente.

Ele simplesmente deixa de ser Comandante da Força e volta a ser um simples generalzinho de 5 estrelas.

Simples assim.
No caso exonerado seria a palavra correta.
Isso, perfeito.

Obrigado.
Imagem

R.I.P. VASCO🖤
✝21/08/1898 - 💀20/01/2018

Avatar do usuário
Viniiicius
Júnior
Júnior
Mensagens: 3408
Registrado em: 23 Dez 2015, 22:00
Localização: Natal/RN
Contato:

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por Viniiicius » 15 Set 2018, 07:20

Ciro já não é das melhores opções, mas o segundo turno com Bolsonaro e Haddad é o verdadeiro apocalipse

Avatar do usuário
Douglasrdcd
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 541
Registrado em: 30 Dez 2015, 18:48

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por Douglasrdcd » 15 Set 2018, 09:09

Ciro é uma péssima opção!!
Imagem

Avatar do usuário
Douglasrdcd
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 541
Registrado em: 30 Dez 2015, 18:48

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por Douglasrdcd » 15 Set 2018, 09:10

Wesley Safadão escreveu:
15 Set 2018, 01:00
Eleição 2018: Se gritar boa opção não fica um meu irmão



Qual eleição teve bons candidatos?
Imagem

Avatar do usuário
marlito25
Júnior
Júnior
Mensagens: 2004
Registrado em: 24 Jul 2016, 12:40
Localização: Rio de Janeiro

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por marlito25 » 15 Set 2018, 09:58

Douglasrdcd escreveu:
15 Set 2018, 09:10
Wesley Safadão escreveu:
15 Set 2018, 01:00
Eleição 2018: Se gritar boa opção não fica um meu irmão



Qual eleição teve bons candidatos?
Na época do Enéas
19/01/18 #RIPVASCO

Online
Avatar do usuário
Mohammed Lisboa
Capitão
Capitão
Mensagens: 8828
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:34
Localização: Jacarepaguá - RJ

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por Mohammed Lisboa » 15 Set 2018, 11:23

marlito25 escreveu:
15 Set 2018, 09:58
Douglasrdcd escreveu:
15 Set 2018, 09:10
Wesley Safadão escreveu:
15 Set 2018, 01:00
Eleição 2018: Se gritar boa opção não fica um meu irmão



Qual eleição teve bons candidatos?
Na época do Enéas


O Enéas era exceção naquela época e seria hoje também.
FORA EURICO!!

Avatar do usuário
MILITAR
Júnior
Júnior
Mensagens: 1751
Registrado em: 01 Jan 2016, 17:42
Localização: Rio de Janeiro

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por MILITAR » 15 Set 2018, 11:52

Wagnersac escreveu:
15 Set 2018, 00:21
Cara, não se faça de bobo.

Vc sabe que eu estou falando especificamente do Comandante do Exército.

Quando se fala em "demissão", se quer dizer na perda do cargo de confiança, não da expulsão do Exército ou da perda da patente.

Ele simplesmente deixa de ser Comandante da Força e volta a ser um simples generalzinho de 5 estrelas.

Simples assim.

E aí mais uma vez eu te falo. Não é bem assim que a coisa funciona. O comandante do Exército é o 4 estrelas mais antigo. Se você exonera ele do cargo e puxa o próximo da fila, você tem que passar ele automaticamente pra reserva. E aí o presidente vai fazer isso porque o generalzinho, como vc diz, um homem com mais de 40 anos de serviço, com muito mais instrução do que a grande maioria dos políticos, um homem com curso de Altos Estudos de Política e Estratégia, que conhece os 4 cantos do Brasil, fez comentários sobre a situação atual do país, sem citar nomes, sem ofensas, sem tomar posições partidárias, sem insubordinação? Complicado...
Imagem

Avatar do usuário
Ysell
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 878
Registrado em: 15 Ago 2016, 20:30

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por Ysell » 15 Set 2018, 12:20

MILITAR escreveu:
15 Set 2018, 11:52
Wagnersac escreveu:
15 Set 2018, 00:21
Cara, não se faça de bobo.

Vc sabe que eu estou falando especificamente do Comandante do Exército.

Quando se fala em "demissão", se quer dizer na perda do cargo de confiança, não da expulsão do Exército ou da perda da patente.

Ele simplesmente deixa de ser Comandante da Força e volta a ser um simples generalzinho de 5 estrelas.

Simples assim.

E aí mais uma vez eu te falo. Não é bem assim que a coisa funciona. O comandante do Exército é o 4 estrelas mais antigo. Se você exonera ele do cargo e puxa o próximo da fila, você tem que passar ele automaticamente pra reserva. E aí o presidente vai fazer isso porque o generalzinho, como vc diz, um homem com mais de 40 anos de serviço, com muito mais instrução do que a grande maioria dos políticos, um homem com curso de Altos Estudos de Política e Estratégia, que conhece os 4 cantos do Brasil, fez comentários sobre a situação atual do país, sem citar nomes, sem ofensas, sem tomar posições partidárias, sem insubordinação? Complicado...
Desculpa a interferência mas questionar a legitimidade de um presidente eleito (seu superior hierárquico) democraticamente e confirmado judicialmente não é ato de insubordinação?

A esfera de contestação de legitimidade é o judiciário não as FAs.

Avatar do usuário
luizito1985
Júnior
Júnior
Mensagens: 2370
Registrado em: 11 Ago 2018, 18:44
Localização: Manaus-AM

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por luizito1985 » 15 Set 2018, 12:43

Ysell escreveu:
15 Set 2018, 12:20
MILITAR escreveu:
15 Set 2018, 11:52
Wagnersac escreveu:
15 Set 2018, 00:21
Cara, não se faça de bobo.

Vc sabe que eu estou falando especificamente do Comandante do Exército.

Quando se fala em "demissão", se quer dizer na perda do cargo de confiança, não da expulsão do Exército ou da perda da patente.

Ele simplesmente deixa de ser Comandante da Força e volta a ser um simples generalzinho de 5 estrelas.

Simples assim.

E aí mais uma vez eu te falo. Não é bem assim que a coisa funciona. O comandante do Exército é o 4 estrelas mais antigo. Se você exonera ele do cargo e puxa o próximo da fila, você tem que passar ele automaticamente pra reserva. E aí o presidente vai fazer isso porque o generalzinho, como vc diz, um homem com mais de 40 anos de serviço, com muito mais instrução do que a grande maioria dos políticos, um homem com curso de Altos Estudos de Política e Estratégia, que conhece os 4 cantos do Brasil, fez comentários sobre a situação atual do país, sem citar nomes, sem ofensas, sem tomar posições partidárias, sem insubordinação? Complicado...
Desculpa a interferência mas questionar a legitimidade de um presidente eleito (seu superior hierárquico) democraticamente e confirmado judicialmente não é ato de insubordinação?

A esfera de contestação de legitimidade é o judiciário não as FAs.
Não deveria questionar a legitimidade, isso é previsto, porém em decorrência dos acontecimentos dos últimos anos no Brasil é complicado citar correção de atitudes, tanto o judiciário como o legislativo quanto o executivo, e ainda passando pelo alto empresariado, não se vê ética, moral e valores, as Forças Armadas tem um papel crucial na história da nação, obviamente que alguém vai falar alguma coisa.
Campeão de Terra e Mar.

Avatar do usuário
Ysell
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 878
Registrado em: 15 Ago 2016, 20:30

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por Ysell » 15 Set 2018, 12:49

luizito1985 escreveu:
15 Set 2018, 12:43
Ysell escreveu:
15 Set 2018, 12:20
MILITAR escreveu:
15 Set 2018, 11:52



E aí mais uma vez eu te falo. Não é bem assim que a coisa funciona. O comandante do Exército é o 4 estrelas mais antigo. Se você exonera ele do cargo e puxa o próximo da fila, você tem que passar ele automaticamente pra reserva. E aí o presidente vai fazer isso porque o generalzinho, como vc diz, um homem com mais de 40 anos de serviço, com muito mais instrução do que a grande maioria dos políticos, um homem com curso de Altos Estudos de Política e Estratégia, que conhece os 4 cantos do Brasil, fez comentários sobre a situação atual do país, sem citar nomes, sem ofensas, sem tomar posições partidárias, sem insubordinação? Complicado...
Desculpa a interferência mas questionar a legitimidade de um presidente eleito (seu superior hierárquico) democraticamente e confirmado judicialmente não é ato de insubordinação?

A esfera de contestação de legitimidade é o judiciário não as FAs.
Não deveria questionar a legitimidade, isso é previsto, porém em decorrência dos acontecimentos dos últimos anos no Brasil é complicado citar correção de atitudes, tanto o judiciário como o legislativo quanto o executivo, e ainda passando pelo alto empresariado, não se vê ética, moral e valores, as Forças Armadas tem um papel crucial na história da nação, obviamente que alguém vai falar alguma coisa.
Isso não faz as FAs serem mais legítimas que qualquer desses citados, cada um no seu quadrado. A função das FAs é a garantia da lei e da ordem determinada pelos poderes instituídos, ela não pode agir arbitrariamente de acordo com o que acha certo ou errado.

Avatar do usuário
luizito1985
Júnior
Júnior
Mensagens: 2370
Registrado em: 11 Ago 2018, 18:44
Localização: Manaus-AM

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por luizito1985 » 15 Set 2018, 12:59

Ysell escreveu:
15 Set 2018, 12:49
luizito1985 escreveu:
15 Set 2018, 12:43
Ysell escreveu:
15 Set 2018, 12:20

Desculpa a interferência mas questionar a legitimidade de um presidente eleito (seu superior hierárquico) democraticamente e confirmado judicialmente não é ato de insubordinação?

A esfera de contestação de legitimidade é o judiciário não as FAs.
Não deveria questionar a legitimidade, isso é previsto, porém em decorrência dos acontecimentos dos últimos anos no Brasil é complicado citar correção de atitudes, tanto o judiciário como o legislativo quanto o executivo, e ainda passando pelo alto empresariado, não se vê ética, moral e valores, as Forças Armadas tem um papel crucial na história da nação, obviamente que alguém vai falar alguma coisa.
Isso não faz as FAs serem mais legítimas que qualquer desses citados, cada um no seu quadrado. A função das FAs é a garantia da lei e da ordem determinada pelos poderes instituídos, ela não pode agir arbitrariamente de acordo com o que acha certo ou errado.
Correto, nem o executivo, nem o legislativo, nem o judiciário.
Campeão de Terra e Mar.

Avatar do usuário
MILITAR
Júnior
Júnior
Mensagens: 1751
Registrado em: 01 Jan 2016, 17:42
Localização: Rio de Janeiro

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por MILITAR » 15 Set 2018, 13:04

Ysell escreveu:
15 Set 2018, 12:20
MILITAR escreveu:
15 Set 2018, 11:52
Wagnersac escreveu:
15 Set 2018, 00:21
Cara, não se faça de bobo.

Vc sabe que eu estou falando especificamente do Comandante do Exército.

Quando se fala em "demissão", se quer dizer na perda do cargo de confiança, não da expulsão do Exército ou da perda da patente.

Ele simplesmente deixa de ser Comandante da Força e volta a ser um simples generalzinho de 5 estrelas.

Simples assim.

E aí mais uma vez eu te falo. Não é bem assim que a coisa funciona. O comandante do Exército é o 4 estrelas mais antigo. Se você exonera ele do cargo e puxa o próximo da fila, você tem que passar ele automaticamente pra reserva. E aí o presidente vai fazer isso porque o generalzinho, como vc diz, um homem com mais de 40 anos de serviço, com muito mais instrução do que a grande maioria dos políticos, um homem com curso de Altos Estudos de Política e Estratégia, que conhece os 4 cantos do Brasil, fez comentários sobre a situação atual do país, sem citar nomes, sem ofensas, sem tomar posições partidárias, sem insubordinação? Complicado...
Desculpa a interferência mas questionar a legitimidade de um presidente eleito (seu superior hierárquico) democraticamente e confirmado judicialmente não é ato de insubordinação?

A esfera de contestação de legitimidade é o judiciário não as FAs.

Amigo, vc leu a entrevista? Se não leu, segue o link e me diga onde tem alguma insubordinação. Parte da imprensa e alguns candidatos pegaram uma frase, dentro de um contexto, e fizeram toda essa tempestade num copo d'água. É só ler.

https://politica.estadao.com.br/noticia ... 0002493813
Editado pela última vez por MILITAR em 15 Set 2018, 13:26, em um total de 1 vez.
Imagem

Avatar do usuário
Ysell
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 878
Registrado em: 15 Ago 2016, 20:30

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por Ysell » 15 Set 2018, 13:24

MILITAR escreveu:
15 Set 2018, 13:04
Ysell escreveu:
15 Set 2018, 12:20
MILITAR escreveu:
15 Set 2018, 11:52



E aí mais uma vez eu te falo. Não é bem assim que a coisa funciona. O comandante do Exército é o 4 estrelas mais antigo. Se você exonera ele do cargo e puxa o próximo da fila, você tem que passar ele automaticamente pra reserva. E aí o presidente vai fazer isso porque o generalzinho, como vc diz, um homem com mais de 40 anos de serviço, com muito mais instrução do que a grande maioria dos políticos, um homem com curso de Altos Estudos de Política e Estratégia, que conhece os 4 cantos do Brasil, fez comentários sobre a situação atual do país, sem citar nomes, sem ofensas, sem tomar posições partidárias, sem insubordinação? Complicado...
Desculpa a interferência mas questionar a legitimidade de um presidente eleito (seu superior hierárquico) democraticamente e confirmado judicialmente não é ato de insubordinação?

A esfera de contestação de legitimidade é o judiciário não as FAs.

Amigo, vc leu a entrevista? Se não leu, segue o link e me diga onde tem alguma insubordinação. Pegaram uma frase, dentro de um contexto (como a imprensa adora), e fizeram toda essa tempestade num copo d'água.

https://politica.estadao.com.br/noticia ... 0002493813
Ele não tinha nem que ter concedido entrevista. Como comandante das FAs ele não tem que questionar se a oposição vai reclamar de legitimidade do próximo presidente. Quem quiser que questione isso na justiça (como o PSDB fez na eleição passada). Ele deve obedecer as ordens que lhe são dadas e que não sejam ilegais.

Se ele mesmo diz que os ânimos estão acirrados ele deveria se resguardar desse tipo de manifestação, que não serve para apaziguar nada.

Avatar do usuário
MILITAR
Júnior
Júnior
Mensagens: 1751
Registrado em: 01 Jan 2016, 17:42
Localização: Rio de Janeiro

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por MILITAR » 15 Set 2018, 13:34

Ysell escreveu:
15 Set 2018, 13:24
MILITAR escreveu:
15 Set 2018, 13:04
Ysell escreveu:
15 Set 2018, 12:20

Desculpa a interferência mas questionar a legitimidade de um presidente eleito (seu superior hierárquico) democraticamente e confirmado judicialmente não é ato de insubordinação?

A esfera de contestação de legitimidade é o judiciário não as FAs.

Amigo, vc leu a entrevista? Se não leu, segue o link e me diga onde tem alguma insubordinação. Pegaram uma frase, dentro de um contexto (como a imprensa adora), e fizeram toda essa tempestade num copo d'água.

https://politica.estadao.com.br/noticia ... 0002493813
Ele não tinha nem que ter concedido entrevista. Como comandante das FAs ele não tem que questionar se a oposição vai reclamar de legitimidade do próximo presidente. Quem quiser que questione isso na justiça (como o PSDB fez na eleição passada). Ele deve obedecer as ordens que lhe são dadas e que não sejam ilegais.

Se ele mesmo diz que os ânimos estão acirrados ele deveria se resguardar desse tipo de manifestação, que não serve para apaziguar nada.

Mas quem disse que o comandante do Exército ou qualquer outra pessoa livre desse país, civil ou militar, não pode dar uma entrevista? Onde está escrito isso? E onde está a insubordinação na entrevista?
Imagem

Avatar do usuário
Ysell
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 878
Registrado em: 15 Ago 2016, 20:30

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por Ysell » 15 Set 2018, 14:22

MILITAR escreveu:
15 Set 2018, 13:34
Ysell escreveu:
15 Set 2018, 13:24
MILITAR escreveu:
15 Set 2018, 13:04



Amigo, vc leu a entrevista? Se não leu, segue o link e me diga onde tem alguma insubordinação. Pegaram uma frase, dentro de um contexto (como a imprensa adora), e fizeram toda essa tempestade num copo d'água.

https://politica.estadao.com.br/noticia ... 0002493813
Ele não tinha nem que ter concedido entrevista. Como comandante das FAs ele não tem que questionar se a oposição vai reclamar de legitimidade do próximo presidente. Quem quiser que questione isso na justiça (como o PSDB fez na eleição passada). Ele deve obedecer as ordens que lhe são dadas e que não sejam ilegais.

Se ele mesmo diz que os ânimos estão acirrados ele deveria se resguardar desse tipo de manifestação, que não serve para apaziguar nada.

Mas quem disse que o comandante do Exército ou qualquer outra pessoa livre desse país, civil ou militar, não pode dar uma entrevista? Onde está escrito isso? E onde está a insubordinação na entrevista?
Ele pode, mas não deveria ter dado entrevista. Ele questiona o processo eleitoral; não há insubordinação pq não houve atividade contra seu superior, mas houve um questionamento sobre a legitimidade do futuro presidente, foi uma declaração no mínimo desagradável, e como homem inteligente que é o comandante deveria saber disso.

Caso o Ciro venha a ser eleito e tenha a sua legitimidade contestatada ele tem todo o direito de destituir o comandante da sua função por ato de insubordinação.

Avatar do usuário
Wesley Safadão
Júnior
Júnior
Mensagens: 2202
Registrado em: 07 Jan 2016, 20:33

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por Wesley Safadão » 15 Set 2018, 14:39

Douglasrdcd escreveu:
15 Set 2018, 09:10
Wesley Safadão escreveu:
15 Set 2018, 01:00
Eleição 2018: Se gritar boa opção não fica um meu irmão



Qual eleição teve bons candidatos?
Verdade, corrigindo eleição no brasil*
Meus amigos voltei! eu tava ficando doido :police:

Avatar do usuário
luizito1985
Júnior
Júnior
Mensagens: 2370
Registrado em: 11 Ago 2018, 18:44
Localização: Manaus-AM

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por luizito1985 » 15 Set 2018, 14:41

Em nenhum momento o Oficial-General citou nomes de políticos ou partidos, o mesmo cita em não fulanizar, dá sua opinião sobre como a instabilidade decorrente das crises internas pode afetar a governabilidade e sobre a interferência estrangeira nas decisões do judiciario, em síntese isto poderia tornar futuros governos ilegitimos, não cometeu insubordinação muito menos foi parcial para A ou B, somente citou a preocupação com os processos que envolvem a nação e o que pode vir a ocorrer no futuro.
Tentaram vulgarizar a fim de relacionar a entrevista ao apoio dos militares ao Bolsonaro e tentar denegrir o mesmo.
Campeão de Terra e Mar.

Avatar do usuário
MILITAR
Júnior
Júnior
Mensagens: 1751
Registrado em: 01 Jan 2016, 17:42
Localização: Rio de Janeiro

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por MILITAR » 15 Set 2018, 14:45

Ysell escreveu:
15 Set 2018, 14:22
MILITAR escreveu:
15 Set 2018, 13:34
Ysell escreveu:
15 Set 2018, 13:24

Ele não tinha nem que ter concedido entrevista. Como comandante das FAs ele não tem que questionar se a oposição vai reclamar de legitimidade do próximo presidente. Quem quiser que questione isso na justiça (como o PSDB fez na eleição passada). Ele deve obedecer as ordens que lhe são dadas e que não sejam ilegais.

Se ele mesmo diz que os ânimos estão acirrados ele deveria se resguardar desse tipo de manifestação, que não serve para apaziguar nada.

Mas quem disse que o comandante do Exército ou qualquer outra pessoa livre desse país, civil ou militar, não pode dar uma entrevista? Onde está escrito isso? E onde está a insubordinação na entrevista?
Ele pode, mas não deveria ter dado entrevista. Ele questiona o processo eleitoral; não há insubordinação pq não houve atividade contra seu superior, mas houve um questionamento sobre a legitimidade do futuro presidente, foi uma declaração no mínimo desagradável, e como homem inteligente que é o comandante deveria saber disso.

Caso o Ciro venha a ser eleito e tenha a sua legitimidade contestatada ele tem todo o direito de destituir o comandante da sua função por ato de insubordinação.

Então, esse "não deveria ter dados entrevista", vc está falando por si, é a sua opinião, assim como outros entendem que não tem problema algum, porque ninguém é proibido de falar nesse país. E ele não questiona ninguém, está bem claro. Ele fala isso em relação à ONU vir se meter aqui e querer que um bandido condenado em segunda instância possa concorrer e ganhar. Isso PODERIA gerar um questionamento de legitimidade. Se o Ciro ganhar, não será questionado, e não vai precisar demitir, exonerar, prender, matar ninguém, mesmo porque novos comandantes militares deverão ser escolhidos. :pos:
Imagem

Avatar do usuário
MILITAR
Júnior
Júnior
Mensagens: 1751
Registrado em: 01 Jan 2016, 17:42
Localização: Rio de Janeiro

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por MILITAR » 15 Set 2018, 14:49

luizito1985 escreveu:
15 Set 2018, 14:41
Em nenhum momento o Oficial-General citou nomes de políticos ou partidos, o mesmo cita em não fulanizar, dá sua opinião sobre como a instabilidade decorrente das crises internas pode afetar a governabilidade e sobre a interferência estrangeira nas decisões do judiciario, em síntese isto poderia tornar futuros governos ilegitimos, não cometeu insubordinação muito menos foi parcial para A ou B, somente citou a preocupação com os processos que envolvem a nação e o que pode vir a ocorrer no futuro.
Tentaram vulgarizar a fim de relacionar a entrevista ao apoio dos militares ao Bolsonaro e tentar denegrir o mesmo.

Exatamente, pegam uma frase, umas palavras fora de contexto e tentam criar uma guerra, que o Exército não vai reconhecer o próximo presidente... Aí o povo não lê a entrevista, e alguns candidatos sabem que o povo não lê, ou não sabe interpretar o que lê, e está criado o ambiente que eles gostam.
Imagem

Avatar do usuário
Ysell
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 878
Registrado em: 15 Ago 2016, 20:30

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por Ysell » 15 Set 2018, 15:04

MILITAR escreveu:
15 Set 2018, 14:45
Ysell escreveu:
15 Set 2018, 14:22
MILITAR escreveu:
15 Set 2018, 13:34



Mas quem disse que o comandante do Exército ou qualquer outra pessoa livre desse país, civil ou militar, não pode dar uma entrevista? Onde está escrito isso? E onde está a insubordinação na entrevista?
Ele pode, mas não deveria ter dado entrevista. Ele questiona o processo eleitoral; não há insubordinação pq não houve atividade contra seu superior, mas houve um questionamento sobre a legitimidade do futuro presidente, foi uma declaração no mínimo desagradável, e como homem inteligente que é o comandante deveria saber disso.

Caso o Ciro venha a ser eleito e tenha a sua legitimidade contestatada ele tem todo o direito de destituir o comandante da sua função por ato de insubordinação.

Então, esse "não deveria ter dados entrevista", vc está falando por si, é a sua opinião, assim como outros entendem que não tem problema algum, porque ninguém é proibido de falar nesse país. E ele não questiona ninguém, está bem claro. Ele fala isso em relação à ONU vir se meter aqui e querer que um bandido condenado em segunda instância possa concorrer e ganhar. Isso PODERIA gerar um questionamento de legitimidade. Se o Ciro ganhar, não será questionado, e não vai precisar demitir, exonerar, prender, matar ninguém, mesmo porque novos comandantes militares deverão ser escolhidos. :pos:
Ele fala isso com relação à ONU e ao atentado contra o Bolsonaro.

Só para esclarecer a ONU emite parecer para países signatários dos acordos dela, se o Brasil concordou com os termos do acordo ele deve incorporar ao seu regime jurídico. E quem decide constitucionalidade das normas é o STF não as FAs, se eles decidissem pela legitimidade dos acordos internacionais os militares só tem que obedecer.

Avatar do usuário
MILITAR
Júnior
Júnior
Mensagens: 1751
Registrado em: 01 Jan 2016, 17:42
Localização: Rio de Janeiro

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por MILITAR » 15 Set 2018, 15:24

Ysell escreveu:
15 Set 2018, 15:04
MILITAR escreveu:
15 Set 2018, 14:45
Ysell escreveu:
15 Set 2018, 14:22

Ele pode, mas não deveria ter dado entrevista. Ele questiona o processo eleitoral; não há insubordinação pq não houve atividade contra seu superior, mas houve um questionamento sobre a legitimidade do futuro presidente, foi uma declaração no mínimo desagradável, e como homem inteligente que é o comandante deveria saber disso.

Caso o Ciro venha a ser eleito e tenha a sua legitimidade contestatada ele tem todo o direito de destituir o comandante da sua função por ato de insubordinação.

Então, esse "não deveria ter dados entrevista", vc está falando por si, é a sua opinião, assim como outros entendem que não tem problema algum, porque ninguém é proibido de falar nesse país. E ele não questiona ninguém, está bem claro. Ele fala isso em relação à ONU vir se meter aqui e querer que um bandido condenado em segunda instância possa concorrer e ganhar. Isso PODERIA gerar um questionamento de legitimidade. Se o Ciro ganhar, não será questionado, e não vai precisar demitir, exonerar, prender, matar ninguém, mesmo porque novos comandantes militares deverão ser escolhidos. :pos:
Ele fala isso com relação à ONU e ao atentado contra o Bolsonaro.

Só para esclarecer a ONU emite parecer para países signatários dos acordos dela, se o Brasil concordou com os termos do acordo ele deve incorporar ao seu regime jurídico. E quem decide constitucionalidade das normas é o STF não as FAs, se eles decidissem pela legitimidade dos acordos internacionais os militares só tem que obedecer.

A ONU pode vir aqui e dizer "rasguem a lei da ficha limpa" e o Lula vai ser candidato? Não, tanto que o STF cagou.

E outra coisa, mais uma vez, ele fala que pode haver questionamento, no futuro, por mim, por você, pelo povo, pelos militares, por qualquer um, diante disso, de um condenado em segunda instância e preso poder concorrer à eleição. Ele não é específico em falar que as FA é que questionarão esse ou aquele candidato. Qualquer cidadão poderia questionar na justiça se o Lula concorresse e ganhasse. Isso é claro.
Imagem

Avatar do usuário
Ysell
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 878
Registrado em: 15 Ago 2016, 20:30

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por Ysell » 15 Set 2018, 15:44

MILITAR escreveu:
15 Set 2018, 15:24
Ysell escreveu:
15 Set 2018, 15:04
MILITAR escreveu:
15 Set 2018, 14:45



Então, esse "não deveria ter dados entrevista", vc está falando por si, é a sua opinião, assim como outros entendem que não tem problema algum, porque ninguém é proibido de falar nesse país. E ele não questiona ninguém, está bem claro. Ele fala isso em relação à ONU vir se meter aqui e querer que um bandido condenado em segunda instância possa concorrer e ganhar. Isso PODERIA gerar um questionamento de legitimidade. Se o Ciro ganhar, não será questionado, e não vai precisar demitir, exonerar, prender, matar ninguém, mesmo porque novos comandantes militares deverão ser escolhidos. :pos:
Ele fala isso com relação à ONU e ao atentado contra o Bolsonaro.

Só para esclarecer a ONU emite parecer para países signatários dos acordos dela, se o Brasil concordou com os termos do acordo ele deve incorporar ao seu regime jurídico. E quem decide constitucionalidade das normas é o STF não as FAs, se eles decidissem pela legitimidade dos acordos internacionais os militares só tem que obedecer.

A ONU pode vir aqui e dizer "rasguem a lei da ficha limpa" e o Lula vai ser candidato? Não, tanto que o STF cagou.

E outra coisa, mais uma vez, ele fala que pode haver questionamento, no futuro, por mim, por você, pelo povo, pelos militares, por qualquer um, diante disso, de um condenado em segunda instância e preso poder concorrer à eleição. Ele não é específico em falar que as FA é que questionarão esse ou aquele candidato. Qualquer cidadão poderia questionar na justiça se o Lula concorresse e ganhasse. Isso é claro.
Se o STF decidisse que um acordo internacional tem hierarquia superior, sim, mas no caso aquela decisão da ONU não teve valor pq foi quase uma decisão monocrática dos membros de uma assembleia de lá.

Ele, como comandante das FA, diz que caso o Bolsonaro, ou o adversário, fosse eleito poderiam questionar a legitimidade da eleição alegando benefício ou prejuízo eleitoral por causa do ocorrido. Se alguém questiona (pelos meios adequados) a eleição isso não é da conta dele, vc viu algum militar dar entrevista reclamando da ação do PSDB contra a chapa da Dilma? Ou dizendo que isso causa ebulição popular?

MegaVascoDG
Promessa
Promessa
Mensagens: 300
Registrado em: 15 Dez 2017, 01:31

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por MegaVascoDG » 15 Set 2018, 15:53

Pesquisa online Strawpoll
https://www.strawpoll.com/e2bbayw1

1°lugar - Jair Bolsonaro - 78,77% (12.904 votos)

Avatar do usuário
MILITAR
Júnior
Júnior
Mensagens: 1751
Registrado em: 01 Jan 2016, 17:42
Localização: Rio de Janeiro

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por MILITAR » 15 Set 2018, 16:31

Ysell escreveu:
15 Set 2018, 15:44
MILITAR escreveu:
15 Set 2018, 15:24
Ysell escreveu:
15 Set 2018, 15:04

Ele fala isso com relação à ONU e ao atentado contra o Bolsonaro.

Só para esclarecer a ONU emite parecer para países signatários dos acordos dela, se o Brasil concordou com os termos do acordo ele deve incorporar ao seu regime jurídico. E quem decide constitucionalidade das normas é o STF não as FAs, se eles decidissem pela legitimidade dos acordos internacionais os militares só tem que obedecer.

A ONU pode vir aqui e dizer "rasguem a lei da ficha limpa" e o Lula vai ser candidato? Não, tanto que o STF cagou.

E outra coisa, mais uma vez, ele fala que pode haver questionamento, no futuro, por mim, por você, pelo povo, pelos militares, por qualquer um, diante disso, de um condenado em segunda instância e preso poder concorrer à eleição. Ele não é específico em falar que as FA é que questionarão esse ou aquele candidato. Qualquer cidadão poderia questionar na justiça se o Lula concorresse e ganhasse. Isso é claro.
Se o STF decidisse que um acordo internacional tem hierarquia superior, sim, mas no caso aquela decisão da ONU não teve valor pq foi quase uma decisão monocrática dos membros de uma assembleia de lá.

Ele, como comandante das FA, diz que caso o Bolsonaro, ou o adversário, fosse eleito poderiam questionar a legitimidade da eleição alegando benefício ou prejuízo eleitoral por causa do ocorrido. Se alguém questiona (pelos meios adequados) a eleição isso não é da conta dele, vc viu algum militar dar entrevista reclamando da ação do PSDB contra a chapa da Dilma? Ou dizendo que isso causa ebulição popular?

Cara, isso de "não é da conta dele", é disso que estamos falando. Liberdade para se falar sobre o momento do país, quando questionado. Apenas isso.

Quanto à Dilma, meu Deus, nem me lembrava mais dela. Isso só prova o quanto os militares respeitam as instituições. Aturamos tranquilamente sermos governados por uma imbecil, sem problema nenhum, dentro da lei, como deve ser.
Imagem

Avatar do usuário
puckspock
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 872
Registrado em: 31 Dez 2015, 11:30
Localização: Baixada Fluminense

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por puckspock » 15 Set 2018, 19:03

GIlmar Mendes liberou o Richa. Gilmar Mendes libera todo mundo. É condenado na Lava-Jato? É do PSDB, MDB ou associados? Liga pro tio Gilmar que ele resolve.

Os corruptos do PT seguem presos. Ótimo, disso não reclamo. Mas a justiça só obedece quem tem a máquina.

Aliás, espero que a impunidade não chegue nesse: https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/ ... dade.ghtml
Don't let your heart rest in violence.

Avatar do usuário
Diego
Júnior
Júnior
Mensagens: 3424
Registrado em: 31 Dez 2015, 02:35
Localização: Búzios - RJ

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por Diego » 15 Set 2018, 19:14

puckspock escreveu:
15 Set 2018, 19:03
GIlmar Mendes liberou o Richa. Gilmar Mendes libera todo mundo. É condenado na Lava-Jato? É do PSDB, MDB ou associados? Liga pro tio Gilmar que ele resolve.

Os corruptos do PT seguem presos. Ótimo, disso não reclamo. Mas a justiça só obedece quem tem a máquina.

Aliás, espero que a impunidade não chegue nesse: https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/ ... dade.ghtml
Seguem não, Dirceu, Genoíno, João Paulo Cunha e outros estão soltinhos.

Gilmar é um bandido de toga.

Avatar do usuário
Diego
Júnior
Júnior
Mensagens: 3424
Registrado em: 31 Dez 2015, 02:35
Localização: Búzios - RJ

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por Diego » 15 Set 2018, 19:45

Eduardo Paes dispara na corrida ao governo do Rio, diz Datafolha
Romário, em segundo lugar, perdeu intenção de voto e viu rejeição crescer entre o eleitorado

Eduardo Paes - 24%
Romário - 14%
Garotinho - 10%
Tarcísio Motta - 7%
Índio - 5%
Pedro Fernandes - 3%

O levantamento foi feito entre quinta (13) e sexta (14), ouvindo 2.820 eleitores em 187 cidades, com uma margem de erro de dois pontos para mais ou para menos. A pesquisa foi contratada pela Folha e pela Rede Globo.

Rejeição
Garotinho aparece como o mais rejeitado, com 46%. Já a rejeição a Eduardo Paes caiu, de 32% para 30%.
Romário, por outro lado, viu sua rejeição crescer: de 23% para 27%.

https://exame.abril.com.br/brasil/eduar ... datafolha/

Avatar do usuário
luizito1985
Júnior
Júnior
Mensagens: 2370
Registrado em: 11 Ago 2018, 18:44
Localização: Manaus-AM

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por luizito1985 » 16 Set 2018, 13:44

Vi a entrevista do Haddad no JN e não vi nada demais, basicamente tentou contornar todo o bombardeio de perguntas sobre a corrupção sistêmica que o PT se valia para usurpar os recursos da nação, sem sucesso é lógico, tem uma antítese que o acompanha, cita o partido como intocável e culpa pessoas como responsáveis individualmente, embora a corrupção estivesse entranhada no partido, porém associa seu nome ao Lula que já é condenado, não sei como podem dizer que a entrevista foi um sucesso, para o PT foi mais do mesmo.
Campeão de Terra e Mar.

Avatar do usuário
gustavo22
Promessa
Promessa
Mensagens: 346
Registrado em: 12 Dez 2017, 21:51

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por gustavo22 » 16 Set 2018, 14:04

Diego escreveu:
15 Set 2018, 19:45
Eduardo Paes dispara na corrida ao governo do Rio, diz Datafolha
Romário, em segundo lugar, perdeu intenção de voto e viu rejeição crescer entre o eleitorado

Eduardo Paes - 24%
Romário - 14%
Garotinho - 10%
Tarcísio Motta - 7%
Índio - 5%
Pedro Fernandes - 3%

O levantamento foi feito entre quinta (13) e sexta (14), ouvindo 2.820 eleitores em 187 cidades, com uma margem de erro de dois pontos para mais ou para menos. A pesquisa foi contratada pela Folha e pela Rede Globo.

Rejeição
Garotinho aparece como o mais rejeitado, com 46%. Já a rejeição a Eduardo Paes caiu, de 32% para 30%.
Romário, por outro lado, viu sua rejeição crescer: de 23% para 27%.

https://exame.abril.com.br/brasil/eduar ... datafolha/
Tempo de TV e o nível dos outros candidatos faz q o Dudu seja o menos pior, talvez até ganhe no primeiro turno.

Online
Avatar do usuário
Mohammed Lisboa
Capitão
Capitão
Mensagens: 8828
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:34
Localização: Jacarepaguá - RJ

Re: POLÍTICA NACIONAL XI

Mensagem por Mohammed Lisboa » 16 Set 2018, 18:04

gustavo22 escreveu:
16 Set 2018, 14:04
Diego escreveu:
15 Set 2018, 19:45
Eduardo Paes dispara na corrida ao governo do Rio, diz Datafolha
Romário, em segundo lugar, perdeu intenção de voto e viu rejeição crescer entre o eleitorado

Eduardo Paes - 24%
Romário - 14%
Garotinho - 10%
Tarcísio Motta - 7%
Índio - 5%
Pedro Fernandes - 3%

O levantamento foi feito entre quinta (13) e sexta (14), ouvindo 2.820 eleitores em 187 cidades, com uma margem de erro de dois pontos para mais ou para menos. A pesquisa foi contratada pela Folha e pela Rede Globo.

Rejeição
Garotinho aparece como o mais rejeitado, com 46%. Já a rejeição a Eduardo Paes caiu, de 32% para 30%.
Romário, por outro lado, viu sua rejeição crescer: de 23% para 27%.

https://exame.abril.com.br/brasil/eduar ... datafolha/
Tempo de TV e o nível dos outros candidatos faz q o Dudu seja o menos pior, talvez até ganhe no primeiro turno.




A maquiagem está sendo muito bem feita.
FORA EURICO!!

Trancado

Voltar para “Galeria NETVASCO - Economia, Política e Temas Sociais”