O QUE ACHAM DE RELACIONAMENTO A DISTÂNCIA? JÁ SE RELACIONARAM COM ALGUÉM ASSIM?

Comente aqui assuntos diversificados, que não se enquadrem em nenhuma dos outras Categorias com Áreas já criadas nesse Espaço e no Fórum de uma maneira Geral.
marlito25
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 862
Registrado em: 24 Jul 2016, 12:40
Localização: Rio de Janeiro

Re: O QUE ACHAM DE RELACIONAMENTO A DISTÂNCIA? JÁ SE RELACIONARAM COM ALGUÉM ASSIM?

Mensagem por marlito25 » 23 Mai 2017, 12:11

Na época do falecido orkut. Conheci uma mina em uma comunidade, ela era de Minas, se não me engano Viçosa. Foi em 2007 tinha meus 16 anos. Ela tinha 14.
De início sempre nos falávamos pela comunidade. Isso durou umas semana até add ela é conversar no privado. Nisso tava gostando do papo dela e ela tava gostando tbm (ao menos foi o que deu a entender).
Aí pedi o MSN dela e ela passou, até falando que demorei a pedir, ficamos nos falando mais umas semana até o dia que decidi falar que estava gostando dela ( na época era muito tímido), e ela disse o msm, mas que não queria falar que estava gostando de mim por conta da distância. Decidimos ficar nesse relacionamento a distância pra ver como ia ficar por um tempo, nisso nos mandavam msg um para o outro, algumas fotos (sem nudes kkkk)
Por um momento pensei até em ir lá fazer uma surpresa pra ela, mas sem coragem e o principal sem dinheiro kkkkk
Com o passar das semanas as coisas foram esfriando até que chegou num ponto que nem nos falávamos.
Conclusão?!
É cilada bino
Como disseram
Mais perto do chifre e longe do rabo.
#FORAEURICO

Ate quando esse sofrimento?!

Avatar do usuário
PetteVasco
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 784
Registrado em: 07 Jan 2016, 08:11
Localização: Manaus - AM

Re: O QUE ACHAM DE RELACIONAMENTO A DISTÂNCIA? JÁ SE RELACIONARAM COM ALGUÉM ASSIM?

Mensagem por PetteVasco » 23 Mai 2017, 12:30

Lopes.ricardo escreveu:
22 Mai 2017, 22:07
Namoro à distância é iguala a cabeça de boi: perto do chifre e longe do rabo.
já ia falar isso...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Avatar do usuário
PauloCRVG
Júnior
Júnior
Mensagens: 2537
Registrado em: 31 Dez 2015, 12:10
Localização: Nova Iguaçu - Rj

Re: O QUE ACHAM DE RELACIONAMENTO A DISTÂNCIA? JÁ SE RELACIONARAM COM ALGUÉM ASSIM?

Mensagem por PauloCRVG » 23 Mai 2017, 13:50

flepaocrvg escreveu:
22 Mai 2017, 22:06
PauloCRVG escreveu:
22 Mai 2017, 21:58
flepaocrvg escreveu:
22 Mai 2017, 21:28


Ah to ligado

Eu tenho um relacionamento com uma ruiva que mora em Portugal
porra portugal haja confiança hein.
Kkkkkkk to brincando

Tem uma mina que é amiga do Orestes que mora lá e trocou umas ideias cmg há um tempo

Mto gatinha, mas porra.. mto longe

Ela pegou meu snap, pensei que ia mandar umas fotinha... Tô esperando até hoje kkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk .
✠O Sentimento Não Pode Parar✠ :band:

DKRJ
Promessa
Promessa
Mensagens: 42
Registrado em: 01 Jan 2016, 02:29

Re: O QUE ACHAM DE RELACIONAMENTO A DISTÂNCIA? JÁ SE RELACIONARAM COM ALGUÉM ASSIM?

Mensagem por DKRJ » 24 Mai 2017, 01:00

Cara, tenho uma historia grande, mas interessante...

Em 2004 eu tinha 22 anos e me separei do meu primeiro casamento. Tava tristão... levei um pé na bunda, mó deprê. Dois meses depois, fui despedido.
Peguei a grana que eu ganhei do emprego, fiz a mudança pra casa da minha mãe, tranquei a faculdade e a depressão tava ainda maior.

Ai eu lembrei de um amigão que eu tinha antes de me casar e que estava morando em Cabo Frio. Sem nem avisa-lo, entrei no carro e fui passar uma semana na casa dele.
O cara morava numa mansão, toda fudida, mas enorme... Cheguei la e tinham 2 amigos dele morando la tambem, "rachando" as contas. Resumindo, essa uma semana se transformou em 5 meses de muita cachaça e putaria.

Um desses amigos dele que morava la era um paulista quarentão, bombado, muito gente boa. Durante todo o tempo que fiquei la, ele mantinha um "namoro" com uma menina de salvador. Naquela época não tinha smartphone, o cara ficava 4 horas por dia na lan house conversando com a mina e mais 4 horas falando ao telefone com ela. Eles não tinham nem webcam... só fotinho mesmo.
Ela era muito gata, 30 e poucos anos, parecia a Lavinia Vlasak. Nós zuavamos muito ele, falavamos que era fake, que era na verdade um traveco... Ai a mina começou a enviar fotos com o nome dele escrito num caderno, pra provar que era mesmo ela... Nisso a galera começou a acreditar que o cara tinha mandado benzão..

Uma semana antes do carnaval, nós bebemos todas e ele me convenceu... "cara, a mina alem de gata, tem uma filha mais gata ainda com 17 anos de idade! Você me leva até salvador, eu pago a gasolina, pago a hospedagem, pago sua alimentação, a gente bota a mudança dela na caçamba da sua S-10, eu volto dirigindo o carro dela e você volta com a filha dela no seu carro... vai ter 1500km pra desenrolar com a novinha!"... isso era 4 da manha, as 9 da manha, estavamos na estrada.

12 horas depois, ele me fala "cara, nao vai dar pra pagar hotel, nao... seu carro bebe muito mais que o meu celta e meu dinheiro ja ta quase acabando"... o celta dele era 1.0, o meu carro era 4.3!

Dirigi por 22 horas, o cara dormiu quase a viagem inteira, comi só um salgadinho com guaracamp em um posto de gasolina, dois pneus furados por causa de um buraco fdp na estrada, mas, finalmente, cheguei na bahia...

Perto de entrar no ferry boat que atravessa a baia de todos os santos pra chegar em salvador, ele fala "nós tamos fedendo! bora tomar uma chuveirada em algum posto pra ficarmos apresentaveis!"... o dia amanhecendo, frio do caralho, banho gelado, com uma porrada de caminhoneiro em volta... pelo menos a novinha vai valer a pena!

Ele ligou pra ela, marcou na saída do ferry boat, ja em salvador... entramos no barco... ansiedade do cara tava enorme! escolheu a musica que queria que tocasse no radio do carro quando se encontrassem, preparou a câmera digital pra eu tirar a foto do primeiro beijo do casal... muita babaquice, mas eu tava feliz por ele...

Saímos do ferry, uma confusao pra estacionar, tudo cheio... cade a mulher? tinha uma mega micareta rolando na rua, 300 metros dali, transito todo enrolado... "ah, ela deve ter se atrasado"... tenta ligar, tenta ligar... nada.
Meia hora depois ela atende "meu pai teve um infarto e estou indo pra casa dele!" e não atendeu mais.

Ele tinha um endereço que ela deu, vamos perguntar aos taxistas onde fica isso e bater na casa dela!
o taxista: "oxê, essa rua não fica nesse bairro que esta escrito, não... e esse condomínio que ta escrito aqui, fica em outro bairro completamente diferente! e essa rua é pequena, nao vai ate um numero tao alto, nao"

O cara suava, tremia.. cheio de veia pulando.. mas não acreditava! "Ela devia estar com medo de me dar o endereço certo por eu ser um estranho! Vamos rodar os hospitais procurando o carro dela! o pai dela deve ter tido um infarto mesmo e ela ta sofrendo!"

Eu parei num banco, saquei o dinheiro que estava guardando pro carnaval, parei num restaurante e tentei convence-lo que era tudo fake... mas ele queria continuar procurando.. eu ja tava morrendo de sono e tinha que sair dali, pegamos a estrada com ele muito puto por eu estar desistindo tao "rápido" e uns 200km depois, paramos numa policia rodoviária, dormi na caçamba e, enquanto isso, ele tinha o nome completo da mulher, conversou com o policial e descobriram, sei la como, que aquele nome não existia em nenhum registro da policia, só ai ele acreditou que era fake mesmo.

Dormi umas 6 horinhas, dirigi mais 20 horas, sem a novinha, com o bombado... gastei toda a grana do carnaval..

Depois de um mês, a mulher mandou uma mensagem pra ele. Disse que trabalhava de doméstica, a gostosa das fotos era a filha da patroa dela e que ela estava a menos de um metro da gente na saída do ferry boat mas não teve coragem de falar com ele com medo da não aceitação, porque ela era negra e gorda, totalmente diferente das fotos.

Mas tem historia boa tambem... eu sou casado ha anos com uma polonesa que namoramos a distancia por um ano e meio pela internet antes de morarmos juntos... mas essa é outra historia.. maior ainda kkkk

Avatar do usuário
Douglas
Júnior
Júnior
Mensagens: 3105
Registrado em: 30 Dez 2015, 15:57

Re: O QUE ACHAM DE RELACIONAMENTO A DISTÂNCIA? JÁ SE RELACIONARAM COM ALGUÉM ASSIM?

Mensagem por Douglas » 24 Mai 2017, 01:03

A chance de dar certo é a mesma chance do Vasco dar certo com Eurico contratando jogadores semi-aposentados.
Imagem

Avatar do usuário
ORESTES
Júnior
Júnior
Mensagens: 3734
Registrado em: 31 Dez 2015, 11:05
Localização: ACHOU QUE EU TAVA BRINCANDO?

Re: O QUE ACHAM DE RELACIONAMENTO A DISTÂNCIA? JÁ SE RELACIONARAM COM ALGUÉM ASSIM?

Mensagem por ORESTES » 24 Mai 2017, 01:06

DKRJ escreveu:
24 Mai 2017, 01:00
Cara, tenho uma historia grande, mas interessante...

Em 2004 eu tinha 22 anos e me separei do meu primeiro casamento. Tava tristão... levei um pé na bunda, mó deprê. Dois meses depois, fui despedido.
Peguei a grana que eu ganhei do emprego, fiz a mudança pra casa da minha mãe, tranquei a faculdade e a depressão tava ainda maior.

Ai eu lembrei de um amigão que eu tinha antes de me casar e que estava morando em Cabo Frio. Sem nem avisa-lo, entrei no carro e fui passar uma semana na casa dele.
O cara morava numa mansão, toda fudida, mas enorme... Cheguei la e tinham 2 amigos dele morando la tambem, "rachando" as contas. Resumindo, essa uma semana se transformou em 5 meses de muita cachaça e putaria.

Um desses amigos dele que morava la era um paulista quarentão, bombado, muito gente boa. Durante todo o tempo que fiquei la, ele mantinha um "namoro" com uma menina de salvador. Naquela época não tinha smartphone, o cara ficava 4 horas por dia na lan house conversando com a mina e mais 4 horas falando ao telefone com ela. Eles não tinham nem webcam... só fotinho mesmo.
Ela era muito gata, 30 e poucos anos, parecia a Lavinia Vlasak. Nós zuavamos muito ele, falavamos que era fake, que era na verdade um traveco... Ai a mina começou a enviar fotos com o nome dele escrito num caderno, pra provar que era mesmo ela... Nisso a galera começou a acreditar que o cara tinha mandado benzão..

Uma semana antes do carnaval, nós bebemos todas e ele me convenceu... "cara, a mina alem de gata, tem uma filha mais gata ainda com 17 anos de idade! Você me leva até salvador, eu pago a gasolina, pago a hospedagem, pago sua alimentação, a gente bota a mudança dela na caçamba da sua S-10, eu volto dirigindo o carro dela e você volta com a filha dela no seu carro... vai ter 1500km pra desenrolar com a novinha!"... isso era 4 da manha, as 9 da manha, estavamos na estrada.

12 horas depois, ele me fala "cara, nao vai dar pra pagar hotel, nao... seu carro bebe muito mais que o meu celta e meu dinheiro ja ta quase acabando"... o celta dele era 1.0, o meu carro era 4.3!

Dirigi por 22 horas, o cara dormiu quase a viagem inteira, comi só um salgadinho com guaracamp em um posto de gasolina, dois pneus furados por causa de um buraco fdp na estrada, mas, finalmente, cheguei na bahia...

Perto de entrar no ferry boat que atravessa a baia de todos os santos pra chegar em salvador, ele fala "nós tamos fedendo! bora tomar uma chuveirada em algum posto pra ficarmos apresentaveis!"... o dia amanhecendo, frio do caralho, banho gelado, com uma porrada de caminhoneiro em volta... pelo menos a novinha vai valer a pena!

Ele ligou pra ela, marcou na saída do ferry boat, ja em salvador... entramos no barco... ansiedade do cara tava enorme! escolheu a musica que queria que tocasse no radio do carro quando se encontrassem, preparou a câmera digital pra eu tirar a foto do primeiro beijo do casal... muita babaquice, mas eu tava feliz por ele...

Saímos do ferry, uma confusao pra estacionar, tudo cheio... cade a mulher? tinha uma mega micareta rolando na rua, 300 metros dali, transito todo enrolado... "ah, ela deve ter se atrasado"... tenta ligar, tenta ligar... nada.
Meia hora depois ela atende "meu pai teve um infarto e estou indo pra casa dele!" e não atendeu mais.

Ele tinha um endereço que ela deu, vamos perguntar aos taxistas onde fica isso e bater na casa dela!
o taxista: "oxê, essa rua não fica nesse bairro que esta escrito, não... e esse condomínio que ta escrito aqui, fica em outro bairro completamente diferente! e essa rua é pequena, nao vai ate um numero tao alto, nao"

O cara suava, tremia.. cheio de veia pulando.. mas não acreditava! "Ela devia estar com medo de me dar o endereço certo por eu ser um estranho! Vamos rodar os hospitais procurando o carro dela! o pai dela deve ter tido um infarto mesmo e ela ta sofrendo!"

Eu parei num banco, saquei o dinheiro que estava guardando pro carnaval, parei num restaurante e tentei convence-lo que era tudo fake... mas ele queria continuar procurando.. eu ja tava morrendo de sono e tinha que sair dali, pegamos a estrada com ele muito puto por eu estar desistindo tao "rápido" e uns 200km depois, paramos numa policia rodoviária, dormi na caçamba e, enquanto isso, ele tinha o nome completo da mulher, conversou com o policial e descobriram, sei la como, que aquele nome não existia em nenhum registro da policia, só ai ele acreditou que era fake mesmo.

Dormi umas 6 horinhas, dirigi mais 20 horas, sem a novinha, com o bombado... gastei toda a grana do carnaval..

Depois de um mês, a mulher mandou uma mensagem pra ele. Disse que trabalhava de doméstica, a gostosa das fotos era a filha da patroa dela e que ela estava a menos de um metro da gente na saída do ferry boat mas não teve coragem de falar com ele com medo da não aceitação, porque ela era negra e gorda, totalmente diferente das fotos.

Mas tem historia boa tambem... eu sou casado ha anos com uma polonesa que namoramos a distancia por um ano e meio pela internet antes de morarmos juntos... mas essa é outra historia.. maior ainda kkkk
KKKKKKKKKKKKKK pqp. Já achei estranho também quando falou que a mina era da Bahia e parecia padrão europeia.
Puta história, hein. Deve ser foda isso.
Eu aproveita e ficava por lá mesmo.
Imagem
EURIQUISTA NEM É GENTE!
Imagem

Max17max
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 588
Registrado em: 25 Out 2016, 00:05

Re: O QUE ACHAM DE RELACIONAMENTO A DISTÂNCIA? JÁ SE RELACIONARAM COM ALGUÉM ASSIM?

Mensagem por Max17max » 24 Mai 2017, 01:07

Eu sou bem radical quanto a isso. Acho q não tem como dar certo. Quase aconteceu o inverso cmg,to com minha namorada faz 4 anos e um tempo atras a ex patroa dela foi pro E.U.A e chamou ela pra ir junto. Ja fui bem taxativo na época dizendo que se fosse a vontade dela ir pra la,blz,mas não daria pra gente continuar planejando um futuro juntos

DKRJ
Promessa
Promessa
Mensagens: 42
Registrado em: 01 Jan 2016, 02:29

Re: O QUE ACHAM DE RELACIONAMENTO A DISTÂNCIA? JÁ SE RELACIONARAM COM ALGUÉM ASSIM?

Mensagem por DKRJ » 24 Mai 2017, 01:10

brother, você não ta entendendo... eu resumi pra kct a historia... no final, cheguei em cabo frio com uns 30 reais e o carro sem gasolina quase nenhuma kkkk

Avatar do usuário
BOÊMIO
Júnior
Júnior
Mensagens: 1893
Registrado em: 30 Dez 2015, 16:19
Localização: Rio de Janeiro

Re: O QUE ACHAM DE RELACIONAMENTO A DISTÂNCIA? JÁ SE RELACIONARAM COM ALGUÉM ASSIM?

Mensagem por BOÊMIO » 27 Mai 2017, 14:39

Acho q eu tenho a mesma idade do ORESTES, vou contar uma experiência quando tinha meus 17 anos.

Comecei a pegar uma mina no colégio mas logo chegou as férias e ela viajou por 1 mês e pouco, oq rolou nesse tempo?
Troca de nudes, mas depois o papo foi esfriando, quando ela tava pra voltar nós terminamos.

Resumo: Não deu certo!

OBS1: Não comi, não deu tempo, pior momento pra chegada de umas férias.
OBS2: Ela virou crente e começou a namorar um cara mais velho, crente e virgem(what?)
Emancipate yourselves from mental slavery, none but ourselves can free our minds ♫ - Bob Marley


FORA EURICO!

Rafa Morais
Promessa
Promessa
Mensagens: 77
Registrado em: 19 Jan 2016, 19:56

Re: O QUE ACHAM DE RELACIONAMENTO A DISTÂNCIA? JÁ SE RELACIONARAM COM ALGUÉM ASSIM?

Mensagem por Rafa Morais » 27 Mai 2017, 15:01

DKRJ escreveu:
24 Mai 2017, 01:00
Cara, tenho uma historia grande, mas interessante...

Em 2004 eu tinha 22 anos e me separei do meu primeiro casamento. Tava tristão... levei um pé na bunda, mó deprê. Dois meses depois, fui despedido.
Peguei a grana que eu ganhei do emprego, fiz a mudança pra casa da minha mãe, tranquei a faculdade e a depressão tava ainda maior.

Ai eu lembrei de um amigão que eu tinha antes de me casar e que estava morando em Cabo Frio. Sem nem avisa-lo, entrei no carro e fui passar uma semana na casa dele.
O cara morava numa mansão, toda fudida, mas enorme... Cheguei la e tinham 2 amigos dele morando la tambem, "rachando" as contas. Resumindo, essa uma semana se transformou em 5 meses de muita cachaça e putaria.

Um desses amigos dele que morava la era um paulista quarentão, bombado, muito gente boa. Durante todo o tempo que fiquei la, ele mantinha um "namoro" com uma menina de salvador. Naquela época não tinha smartphone, o cara ficava 4 horas por dia na lan house conversando com a mina e mais 4 horas falando ao telefone com ela. Eles não tinham nem webcam... só fotinho mesmo.
Ela era muito gata, 30 e poucos anos, parecia a Lavinia Vlasak. Nós zuavamos muito ele, falavamos que era fake, que era na verdade um traveco... Ai a mina começou a enviar fotos com o nome dele escrito num caderno, pra provar que era mesmo ela... Nisso a galera começou a acreditar que o cara tinha mandado benzão..

Uma semana antes do carnaval, nós bebemos todas e ele me convenceu... "cara, a mina alem de gata, tem uma filha mais gata ainda com 17 anos de idade! Você me leva até salvador, eu pago a gasolina, pago a hospedagem, pago sua alimentação, a gente bota a mudança dela na caçamba da sua S-10, eu volto dirigindo o carro dela e você volta com a filha dela no seu carro... vai ter 1500km pra desenrolar com a novinha!"... isso era 4 da manha, as 9 da manha, estavamos na estrada.

12 horas depois, ele me fala "cara, nao vai dar pra pagar hotel, nao... seu carro bebe muito mais que o meu celta e meu dinheiro ja ta quase acabando"... o celta dele era 1.0, o meu carro era 4.3!

Dirigi por 22 horas, o cara dormiu quase a viagem inteira, comi só um salgadinho com guaracamp em um posto de gasolina, dois pneus furados por causa de um buraco fdp na estrada, mas, finalmente, cheguei na bahia...

Perto de entrar no ferry boat que atravessa a baia de todos os santos pra chegar em salvador, ele fala "nós tamos fedendo! bora tomar uma chuveirada em algum posto pra ficarmos apresentaveis!"... o dia amanhecendo, frio do caralho, banho gelado, com uma porrada de caminhoneiro em volta... pelo menos a novinha vai valer a pena!

Ele ligou pra ela, marcou na saída do ferry boat, ja em salvador... entramos no barco... ansiedade do cara tava enorme! escolheu a musica que queria que tocasse no radio do carro quando se encontrassem, preparou a câmera digital pra eu tirar a foto do primeiro beijo do casal... muita babaquice, mas eu tava feliz por ele...

Saímos do ferry, uma confusao pra estacionar, tudo cheio... cade a mulher? tinha uma mega micareta rolando na rua, 300 metros dali, transito todo enrolado... "ah, ela deve ter se atrasado"... tenta ligar, tenta ligar... nada.
Meia hora depois ela atende "meu pai teve um infarto e estou indo pra casa dele!" e não atendeu mais.

Ele tinha um endereço que ela deu, vamos perguntar aos taxistas onde fica isso e bater na casa dela!
o taxista: "oxê, essa rua não fica nesse bairro que esta escrito, não... e esse condomínio que ta escrito aqui, fica em outro bairro completamente diferente! e essa rua é pequena, nao vai ate um numero tao alto, nao"

O cara suava, tremia.. cheio de veia pulando.. mas não acreditava! "Ela devia estar com medo de me dar o endereço certo por eu ser um estranho! Vamos rodar os hospitais procurando o carro dela! o pai dela deve ter tido um infarto mesmo e ela ta sofrendo!"

Eu parei num banco, saquei o dinheiro que estava guardando pro carnaval, parei num restaurante e tentei convence-lo que era tudo fake... mas ele queria continuar procurando.. eu ja tava morrendo de sono e tinha que sair dali, pegamos a estrada com ele muito puto por eu estar desistindo tao "rápido" e uns 200km depois, paramos numa policia rodoviária, dormi na caçamba e, enquanto isso, ele tinha o nome completo da mulher, conversou com o policial e descobriram, sei la como, que aquele nome não existia em nenhum registro da policia, só ai ele acreditou que era fake mesmo.

Dormi umas 6 horinhas, dirigi mais 20 horas, sem a novinha, com o bombado... gastei toda a grana do carnaval..

Depois de um mês, a mulher mandou uma mensagem pra ele. Disse que trabalhava de doméstica, a gostosa das fotos era a filha da patroa dela e que ela estava a menos de um metro da gente na saída do ferry boat mas não teve coragem de falar com ele com medo da não aceitação, porque ela era negra e gorda, totalmente diferente das fotos.

Mas tem historia boa tambem... eu sou casado ha anos com uma polonesa que namoramos a distancia por um ano e meio pela internet antes de morarmos juntos... mas essa é outra historia.. maior ainda kkkk
véio isso dá um filme
q história maluca
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
assim q der conte sua história também

Avatar do usuário
BOÊMIO
Júnior
Júnior
Mensagens: 1893
Registrado em: 30 Dez 2015, 16:19
Localização: Rio de Janeiro

Re: O QUE ACHAM DE RELACIONAMENTO A DISTÂNCIA? JÁ SE RELACIONARAM COM ALGUÉM ASSIM?

Mensagem por BOÊMIO » 27 Mai 2017, 15:17

DKRJ escreveu:
24 Mai 2017, 01:00
Cara, tenho uma historia grande, mas interessante...

Em 2004 eu tinha 22 anos e me separei do meu primeiro casamento. Tava tristão... levei um pé na bunda, mó deprê. Dois meses depois, fui despedido.
Peguei a grana que eu ganhei do emprego, fiz a mudança pra casa da minha mãe, tranquei a faculdade e a depressão tava ainda maior.

Ai eu lembrei de um amigão que eu tinha antes de me casar e que estava morando em Cabo Frio. Sem nem avisa-lo, entrei no carro e fui passar uma semana na casa dele.
O cara morava numa mansão, toda fudida, mas enorme... Cheguei la e tinham 2 amigos dele morando la tambem, "rachando" as contas. Resumindo, essa uma semana se transformou em 5 meses de muita cachaça e putaria.

Um desses amigos dele que morava la era um paulista quarentão, bombado, muito gente boa. Durante todo o tempo que fiquei la, ele mantinha um "namoro" com uma menina de salvador. Naquela época não tinha smartphone, o cara ficava 4 horas por dia na lan house conversando com a mina e mais 4 horas falando ao telefone com ela. Eles não tinham nem webcam... só fotinho mesmo.
Ela era muito gata, 30 e poucos anos, parecia a Lavinia Vlasak. Nós zuavamos muito ele, falavamos que era fake, que era na verdade um traveco... Ai a mina começou a enviar fotos com o nome dele escrito num caderno, pra provar que era mesmo ela... Nisso a galera começou a acreditar que o cara tinha mandado benzão..

Uma semana antes do carnaval, nós bebemos todas e ele me convenceu... "cara, a mina alem de gata, tem uma filha mais gata ainda com 17 anos de idade! Você me leva até salvador, eu pago a gasolina, pago a hospedagem, pago sua alimentação, a gente bota a mudança dela na caçamba da sua S-10, eu volto dirigindo o carro dela e você volta com a filha dela no seu carro... vai ter 1500km pra desenrolar com a novinha!"... isso era 4 da manha, as 9 da manha, estavamos na estrada.

12 horas depois, ele me fala "cara, nao vai dar pra pagar hotel, nao... seu carro bebe muito mais que o meu celta e meu dinheiro ja ta quase acabando"... o celta dele era 1.0, o meu carro era 4.3!

Dirigi por 22 horas, o cara dormiu quase a viagem inteira, comi só um salgadinho com guaracamp em um posto de gasolina, dois pneus furados por causa de um buraco fdp na estrada, mas, finalmente, cheguei na bahia...

Perto de entrar no ferry boat que atravessa a baia de todos os santos pra chegar em salvador, ele fala "nós tamos fedendo! bora tomar uma chuveirada em algum posto pra ficarmos apresentaveis!"... o dia amanhecendo, frio do caralho, banho gelado, com uma porrada de caminhoneiro em volta... pelo menos a novinha vai valer a pena!

Ele ligou pra ela, marcou na saída do ferry boat, ja em salvador... entramos no barco... ansiedade do cara tava enorme! escolheu a musica que queria que tocasse no radio do carro quando se encontrassem, preparou a câmera digital pra eu tirar a foto do primeiro beijo do casal... muita babaquice, mas eu tava feliz por ele...

Saímos do ferry, uma confusao pra estacionar, tudo cheio... cade a mulher? tinha uma mega micareta rolando na rua, 300 metros dali, transito todo enrolado... "ah, ela deve ter se atrasado"... tenta ligar, tenta ligar... nada.
Meia hora depois ela atende "meu pai teve um infarto e estou indo pra casa dele!" e não atendeu mais.

Ele tinha um endereço que ela deu, vamos perguntar aos taxistas onde fica isso e bater na casa dela!
o taxista: "oxê, essa rua não fica nesse bairro que esta escrito, não... e esse condomínio que ta escrito aqui, fica em outro bairro completamente diferente! e essa rua é pequena, nao vai ate um numero tao alto, nao"

O cara suava, tremia.. cheio de veia pulando.. mas não acreditava! "Ela devia estar com medo de me dar o endereço certo por eu ser um estranho! Vamos rodar os hospitais procurando o carro dela! o pai dela deve ter tido um infarto mesmo e ela ta sofrendo!"

Eu parei num banco, saquei o dinheiro que estava guardando pro carnaval, parei num restaurante e tentei convence-lo que era tudo fake... mas ele queria continuar procurando.. eu ja tava morrendo de sono e tinha que sair dali, pegamos a estrada com ele muito puto por eu estar desistindo tao "rápido" e uns 200km depois, paramos numa policia rodoviária, dormi na caçamba e, enquanto isso, ele tinha o nome completo da mulher, conversou com o policial e descobriram, sei la como, que aquele nome não existia em nenhum registro da policia, só ai ele acreditou que era fake mesmo.

Dormi umas 6 horinhas, dirigi mais 20 horas, sem a novinha, com o bombado... gastei toda a grana do carnaval..

Depois de um mês, a mulher mandou uma mensagem pra ele. Disse que trabalhava de doméstica, a gostosa das fotos era a filha da patroa dela e que ela estava a menos de um metro da gente na saída do ferry boat mas não teve coragem de falar com ele com medo da não aceitação, porque ela era negra e gorda, totalmente diferente das fotos.

Mas tem historia boa tambem... eu sou casado ha anos com uma polonesa que namoramos a distancia por um ano e meio pela internet antes de morarmos juntos... mas essa é outra historia.. maior ainda kkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk caralho mano, q história foda
conta a sua depois tbm haha
:pos:
Emancipate yourselves from mental slavery, none but ourselves can free our minds ♫ - Bob Marley


FORA EURICO!

DKRJ
Promessa
Promessa
Mensagens: 42
Registrado em: 01 Jan 2016, 02:29

Re: O QUE ACHAM DE RELACIONAMENTO A DISTÂNCIA? JÁ SE RELACIONARAM COM ALGUÉM ASSIM?

Mensagem por DKRJ » 29 Mai 2017, 15:19

Nessa historia indo pra salvador, eu omiti uma parte. Ja que voces gostaram, eu vou contar essa parte tambem.. é bom que eu mato uma horinha do trabalho kkkk

Depois do começo de 2005, eu ja fui a Salvador de carro novamente. Hoje em dia a estrada está 1000x melhor do que era antes, quem andou por ali antigamente deve se lembrar que eram kilometros e kilometros de pura buracada... as vezes centenas de kms a menos de 40 por hora, principalmente depois de Ilheus.

Era quase meia noite, eu ja tava dirigindo mais de 14 horas, uma fome filha da puta e o paulista dormia de babar no meu lado. Minha ex tinha ficado com a case de cd's... eu so tinha um, que estava enfiado no radio, entao eram as mesmas 15 musicas o tempo todo.

Ai, eu vi uma placa: "Longo trecho sem auxilio, ultimo posto de gasolina a 500 metros"

-"Paulista, paulista, acorda aê, coça a carteira que temos que encher o tanque e eu tenho que comer alguma coisa..."

Botamos gasolina, lavei o rosto e as maos no banheiro e fomos pra lanchonete comer um "joelho".
Conversando com alguns caminhoneiros e alguns policiais que estavam comendo por la, perguntei se a estrada ia melhorar dali pra frente:
-"Fica tranquilo, a partir daqui, a estrada melhora bem..."
-Ufa, nao aguentava mais tantos buracos!
-"Mas, pera ai, voce ta descendo pro sul ou está subindo pro norte?"
-Subindo...
-"Hahahaha, entao esquece... eu pensei que voce estivesse voltando pro Rio. Se voce acha que estava ruim, vai sentir saudades... agora voce vai pegar a pior parte!"

Eles até recomendaram esperarmos amanhecer, pq aquele trecho era perigoso... com 22 anos, liguei o foda-se. Era melhor ir de madruga sem nenhum caminhao pra atrapalhar.

Saimos e, pra variar, os caras estavam certos.. a estrada piorou muito! o fdp paulista reclinou o banco um pouco mais, ficou de conchinha com dois travesseiros e, 5 minutos depois, tava roncando de novo.

Mas nao tinha caô, nao.. sem sacanagem, lembro ate hoje da sensaçao foda desse momento... eu, mlk novo, sozinho, adoro dirigir, mó lua quase cheia linda no ceu.. fumando meu cigarrinho e ouvindo locked up e lonely pela quadragésima quinta vez naquele maldito cd, brincando de desviar de buracos... mesmo assim, muito fera essa parte.

Se fosse hoje em dia ja estaria estressado, puto por não ter ido de avião, já teria feito o cd de frisbee... ou melhor, certamente estaria em alguma pousada esperando amanhecer...

Uma ou duas horas depois, nenhuma viva alma na estrada, apareceu um astra sedã prateado com o pneu furado no mesmo sentido que eu, andando a uns 20 km/h...
"Paulista, paulista, acorda, brow... se liga, o maluco ta com o pneu furado, vamos ajudar ou foda-se?" (eu tinha um compressor de ar que liga no isqueiro do carro)
"hiii, nao para, nao. Placa de caxias e insulfilm espelhado, mete o pé..."

Só que o cara estava a uns 20 por hora e eu tava a 40! Pra evitar qualquer tentativa do cara pedir ajuda, eu acelerei pra 60 e passei, passando...

Nisso, 5 a 10 minutos depois, eu ainda mantendo um ritmo mais rápido, mermão, aquilo nao era um buraco... dava pra construir um bunker nazista dentro daquela porra, nao deu nem tempo de freiar... quando eu vi, o bicho tava a dois metros de mim... Dei-lhe uma porrada que os dois pneus da direita abriram o bico.

O dianteiro quebrou a roda e rasgou na parte da lateral, o traseiro só perdeu a pressao mas nao destalonou... dava pra encher (depois de uma semana, criou uma bolha na lateral e eu tive que trocar tambem).

"Fudeu, paulista, bora, mais rapido que mclaren senao o Astra vai chegar na gente"
Pareciamos duas baratas tontas...

A S-10 é um cu pra tirar o estepe, consegui tira-lo, encostei no para-lama do carro e comecei a penar pra tirar os parafusos da roda quebrada...

Enquanto isso o paulista tomando uma surra do compressor de ar. Ele ligava no isqueiro do carro, escapava ar pelo bico do pneu traseiro... ele corria pra segurar a mangueira no bico, dava mau contato no isqueiro e desligava o compressor...

E eu pulando na chave de roda, tentando tirar os parafusos, procurando o ponto de fixaçao do macaco...

Eis que surge o farol do fucking Astra se aproximando... se aproximando... parou a 5 metros do meu carro. O paulista repetia "fica calmo e nao corre, fica calmo e nao corre, sem movimentos bruscos".. naquele momento, o cara com uns 20 anos a mais que eu, forte que nem um touro, assumo que causava um certo conforto te-lo ao meu lado, mesmo ele sendo curintiano...

Nisso, o astra ligou o farol alto, abriu as 4 portas, eu quase defequei nas calças e nao parou de descer gente daquela porra de carro.. parecia que tinha um pelotão inteiro da jovem fla lá dentro. E o paulista repetindo "fica calmo e nao corre"... De repente, silencio. Ele parou de repetir. Parei de olhar pro Astra por um segundo e olhei pra ele... a franga tava correndo como se nao houvesse amanha pra dentro do mato do acostamento, agarrado com o compressor de ar embaixo do braço... fdp

Aí, o motorista veio até mim e desencostou o meu estepe da lateral do meu carro. Pensei "fudeu, perdi o pneu, nao faço ideia como ele vai encaixar esse pneu de s10 em um astra, mas fato que perdi o pneu".

O cara deitou o pneu no chao e falou: "do jeito que tava ia arranhar a pintura". Pegou a chave de roda das minhas maos, sem falar nada.. voltou no carro dele, trocou o pneu, guardou tudo, deixou a minha chave no chao, entrou no carro com o resto do circo todo e foi embora. Absoluto silencio... se eles nao falavam nada, muito menos eu. Fiquei ali quietinho.

Então.. Cade o paulista? esperei o astra ir embora e chamei por ele... sem exagero, o cara tava uns 150 metros da estrada.
-"Bora, vacilão!"
-"Porra, por que voce nao correu quando eu corri?"
-"Vtnc, vambora"
-"Eles levaram o estepe?"
-"Nao, só usaram a chave de roda, mas devolveram"
-"Po, cara, tem como voce terminar de trocar o pneu e apontar o farol do carro pra ca? Essa porra ta cheia de cactos, eu to todo fudido aqui..."

Irmão, quando eu botei o farol dava pra ver bem.. eram 112km pra direita só de areia e vegetaçao rasteira... 96km pra esquerda só de vegetaçao rasteira e areia... e uma faixa 15 metros a minha frente com uma mini duna e uma porrada de cactos.. e, claro, um paulista bem no meio, todo lanhado.

Eu puto com ele, nao aguentei... comecei a rir pra caralho a beça e passou a raiva... ri tanto que, no final, ele tava puto comigo, mas riu tambem.


Esse adendo nada teve a ver com relacionamento a distancia, mas depois eu vejo se tenho tempo de contar a vez que eu morei em belem do para atras de uma menina que eu conheci no ragnarok ou a historia de como eu conheci a minha esposa... abraços, galera.

Avatar do usuário
PauloCRVG
Júnior
Júnior
Mensagens: 2537
Registrado em: 31 Dez 2015, 12:10
Localização: Nova Iguaçu - Rj

Re: O QUE ACHAM DE RELACIONAMENTO A DISTÂNCIA? JÁ SE RELACIONARAM COM ALGUÉM ASSIM?

Mensagem por PauloCRVG » 29 Mai 2017, 15:37

DKRJ escreveu:
29 Mai 2017, 15:19
Nessa historia indo pra salvador, eu omiti uma parte. Ja que voces gostaram, eu vou contar essa parte tambem.. é bom que eu mato uma horinha do trabalho kkkk

Depois do começo de 2005, eu ja fui a Salvador de carro novamente. Hoje em dia a estrada está 1000x melhor do que era antes, quem andou por ali antigamente deve se lembrar que eram kilometros e kilometros de pura buracada... as vezes centenas de kms a menos de 40 por hora, principalmente depois de Ilheus.

Era quase meia noite, eu ja tava dirigindo mais de 14 horas, uma fome filha da puta e o paulista dormia de babar no meu lado. Minha ex tinha ficado com a case de cd's... eu so tinha um, que estava enfiado no radio, entao eram as mesmas 15 musicas o tempo todo.

Ai, eu vi uma placa: "Longo trecho sem auxilio, ultimo posto de gasolina a 500 metros"

-"Paulista, paulista, acorda aê, coça a carteira que temos que encher o tanque e eu tenho que comer alguma coisa..."

Botamos gasolina, lavei o rosto e as maos no banheiro e fomos pra lanchonete comer um "joelho".
Conversando com alguns caminhoneiros e alguns policiais que estavam comendo por la, perguntei se a estrada ia melhorar dali pra frente:
-"Fica tranquilo, a partir daqui, a estrada melhora bem..."
-Ufa, nao aguentava mais tantos buracos!
-"Mas, pera ai, voce ta descendo pro sul ou está subindo pro norte?"
-Subindo...
-"Hahahaha, entao esquece... eu pensei que voce estivesse voltando pro Rio. Se voce acha que estava ruim, vai sentir saudades... agora voce vai pegar a pior parte!"

Eles até recomendaram esperarmos amanhecer, pq aquele trecho era perigoso... com 22 anos, liguei o foda-se. Era melhor ir de madruga sem nenhum caminhao pra atrapalhar.

Saimos e, pra variar, os caras estavam certos.. a estrada piorou muito! o fdp paulista reclinou o banco um pouco mais, ficou de conchinha com dois travesseiros e, 5 minutos depois, tava roncando de novo.

Mas nao tinha caô, nao.. sem sacanagem, lembro ate hoje da sensaçao foda desse momento... eu, mlk novo, sozinho, adoro dirigir, mó lua quase cheia linda no ceu.. fumando meu cigarrinho e ouvindo locked up e lonely pela quadragésima quinta vez naquele maldito cd, brincando de desviar de buracos... mesmo assim, muito fera essa parte.

Se fosse hoje em dia ja estaria estressado, puto por não ter ido de avião, já teria feito o cd de frisbee... ou melhor, certamente estaria em alguma pousada esperando amanhecer...

Uma ou duas horas depois, nenhuma viva alma na estrada, apareceu um astra sedã prateado com o pneu furado no mesmo sentido que eu, andando a uns 20 km/h...
"Paulista, paulista, acorda, brow... se liga, o maluco ta com o pneu furado, vamos ajudar ou foda-se?" (eu tinha um compressor de ar que liga no isqueiro do carro)
"hiii, nao para, nao. Placa de caxias e insulfilm espelhado, mete o pé..."

Só que o cara estava a uns 20 por hora e eu tava a 40! Pra evitar qualquer tentativa do cara pedir ajuda, eu acelerei pra 60 e passei, passando...

Nisso, 5 a 10 minutos depois, eu ainda mantendo um ritmo mais rápido, mermão, aquilo nao era um buraco... dava pra construir um bunker nazista dentro daquela porra, nao deu nem tempo de freiar... quando eu vi, o bicho tava a dois metros de mim... Dei-lhe uma porrada que os dois pneus da direita abriram o bico.

O dianteiro quebrou a roda e rasgou na parte da lateral, o traseiro só perdeu a pressao mas nao destalonou... dava pra encher (depois de uma semana, criou uma bolha na lateral e eu tive que trocar tambem).

"Fudeu, paulista, bora, mais rapido que mclaren senao o Astra vai chegar na gente"
Pareciamos duas baratas tontas...

A S-10 é um cu pra tirar o estepe, consegui tira-lo, encostei no para-lama do carro e comecei a penar pra tirar os parafusos da roda quebrada...

Enquanto isso o paulista tomando uma surra do compressor de ar. Ele ligava no isqueiro do carro, escapava ar pelo bico do pneu traseiro... ele corria pra segurar a mangueira no bico, dava mau contato no isqueiro e desligava o compressor...

E eu pulando na chave de roda, tentando tirar os parafusos, procurando o ponto de fixaçao do macaco...

Eis que surge o farol do fucking Astra se aproximando... se aproximando... parou a 5 metros do meu carro. O paulista repetia "fica calmo e nao corre, fica calmo e nao corre, sem movimentos bruscos".. naquele momento, o cara com uns 20 anos a mais que eu, forte que nem um touro, assumo que causava um certo conforto te-lo ao meu lado, mesmo ele sendo curintiano...

Nisso, o astra ligou o farol alto, abriu as 4 portas, eu quase defequei nas calças e nao parou de descer gente daquela porra de carro.. parecia que tinha um pelotão inteiro da jovem fla lá dentro. E o paulista repetindo "fica calmo e nao corre"... De repente, silencio. Ele parou de repetir. Parei de olhar pro Astra por um segundo e olhei pra ele... a franga tava correndo como se nao houvesse amanha pra dentro do mato do acostamento, agarrado com o compressor de ar embaixo do braço... fdp

Aí, o motorista veio até mim e desencostou o meu estepe da lateral do meu carro. Pensei "fudeu, perdi o pneu, nao faço ideia como ele vai encaixar esse pneu de s10 em um astra, mas fato que perdi o pneu".

O cara deitou o pneu no chao e falou: "do jeito que tava ia arranhar a pintura". Pegou a chave de roda das minhas maos, sem falar nada.. voltou no carro dele, trocou o pneu, guardou tudo, deixou a minha chave no chao, entrou no carro com o resto do circo todo e foi embora. Absoluto silencio... se eles nao falavam nada, muito menos eu. Fiquei ali quietinho.

Então.. Cade o paulista? esperei o astra ir embora e chamei por ele... sem exagero, o cara tava uns 150 metros da estrada.
-"Bora, vacilão!"
-"Porra, por que voce nao correu quando eu corri?"
-"Vtnc, vambora"
-"Eles levaram o estepe?"
-"Nao, só usaram a chave de roda, mas devolveram"
-"Po, cara, tem como voce terminar de trocar o pneu e apontar o farol do carro pra ca? Essa porra ta cheia de cactos, eu to todo fudido aqui..."

Irmão, quando eu botei o farol dava pra ver bem.. eram 112km pra direita só de areia e vegetaçao rasteira... 96km pra esquerda só de vegetaçao rasteira e areia... e uma faixa 15 metros a minha frente com uma mini duna e uma porrada de cactos.. e, claro, um paulista bem no meio, todo lanhado.

Eu puto com ele, nao aguentei... comecei a rir pra caralho a beça e passou a raiva... ri tanto que, no final, ele tava puto comigo, mas riu tambem.


Esse adendo nada teve a ver com relacionamento a distancia, mas depois eu vejo se tenho tempo de contar a vez que eu morei em belem do para atras de uma menina que eu conheci no ragnarok ou a historia de como eu conheci a minha esposa... abraços, galera.
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk parabens pela historia ri pra caralho :torc: :lol: .
✠O Sentimento Não Pode Parar✠ :band:

Avatar do usuário
ORESTES
Júnior
Júnior
Mensagens: 3734
Registrado em: 31 Dez 2015, 11:05
Localização: ACHOU QUE EU TAVA BRINCANDO?

Re: O QUE ACHAM DE RELACIONAMENTO A DISTÂNCIA? JÁ SE RELACIONARAM COM ALGUÉM ASSIM?

Mensagem por ORESTES » 29 Mai 2017, 18:54

DKRJ escreveu:
29 Mai 2017, 15:19
Nessa historia indo pra salvador, eu omiti uma parte. Ja que voces gostaram, eu vou contar essa parte tambem.. é bom que eu mato uma horinha do trabalho kkkk

Depois do começo de 2005, eu ja fui a Salvador de carro novamente. Hoje em dia a estrada está 1000x melhor do que era antes, quem andou por ali antigamente deve se lembrar que eram kilometros e kilometros de pura buracada... as vezes centenas de kms a menos de 40 por hora, principalmente depois de Ilheus.

Era quase meia noite, eu ja tava dirigindo mais de 14 horas, uma fome filha da puta e o paulista dormia de babar no meu lado. Minha ex tinha ficado com a case de cd's... eu so tinha um, que estava enfiado no radio, entao eram as mesmas 15 musicas o tempo todo.

Ai, eu vi uma placa: "Longo trecho sem auxilio, ultimo posto de gasolina a 500 metros"

-"Paulista, paulista, acorda aê, coça a carteira que temos que encher o tanque e eu tenho que comer alguma coisa..."

Botamos gasolina, lavei o rosto e as maos no banheiro e fomos pra lanchonete comer um "joelho".
Conversando com alguns caminhoneiros e alguns policiais que estavam comendo por la, perguntei se a estrada ia melhorar dali pra frente:
-"Fica tranquilo, a partir daqui, a estrada melhora bem..."
-Ufa, nao aguentava mais tantos buracos!
-"Mas, pera ai, voce ta descendo pro sul ou está subindo pro norte?"
-Subindo...
-"Hahahaha, entao esquece... eu pensei que voce estivesse voltando pro Rio. Se voce acha que estava ruim, vai sentir saudades... agora voce vai pegar a pior parte!"

Eles até recomendaram esperarmos amanhecer, pq aquele trecho era perigoso... com 22 anos, liguei o foda-se. Era melhor ir de madruga sem nenhum caminhao pra atrapalhar.

Saimos e, pra variar, os caras estavam certos.. a estrada piorou muito! o fdp paulista reclinou o banco um pouco mais, ficou de conchinha com dois travesseiros e, 5 minutos depois, tava roncando de novo.

Mas nao tinha caô, nao.. sem sacanagem, lembro ate hoje da sensaçao foda desse momento... eu, mlk novo, sozinho, adoro dirigir, mó lua quase cheia linda no ceu.. fumando meu cigarrinho e ouvindo locked up e lonely pela quadragésima quinta vez naquele maldito cd, brincando de desviar de buracos... mesmo assim, muito fera essa parte.

Se fosse hoje em dia ja estaria estressado, puto por não ter ido de avião, já teria feito o cd de frisbee... ou melhor, certamente estaria em alguma pousada esperando amanhecer...

Uma ou duas horas depois, nenhuma viva alma na estrada, apareceu um astra sedã prateado com o pneu furado no mesmo sentido que eu, andando a uns 20 km/h...
"Paulista, paulista, acorda, brow... se liga, o maluco ta com o pneu furado, vamos ajudar ou foda-se?" (eu tinha um compressor de ar que liga no isqueiro do carro)
"hiii, nao para, nao. Placa de caxias e insulfilm espelhado, mete o pé..."

Só que o cara estava a uns 20 por hora e eu tava a 40! Pra evitar qualquer tentativa do cara pedir ajuda, eu acelerei pra 60 e passei, passando...

Nisso, 5 a 10 minutos depois, eu ainda mantendo um ritmo mais rápido, mermão, aquilo nao era um buraco... dava pra construir um bunker nazista dentro daquela porra, nao deu nem tempo de freiar... quando eu vi, o bicho tava a dois metros de mim... Dei-lhe uma porrada que os dois pneus da direita abriram o bico.

O dianteiro quebrou a roda e rasgou na parte da lateral, o traseiro só perdeu a pressao mas nao destalonou... dava pra encher (depois de uma semana, criou uma bolha na lateral e eu tive que trocar tambem).

"Fudeu, paulista, bora, mais rapido que mclaren senao o Astra vai chegar na gente"
Pareciamos duas baratas tontas...

A S-10 é um cu pra tirar o estepe, consegui tira-lo, encostei no para-lama do carro e comecei a penar pra tirar os parafusos da roda quebrada...

Enquanto isso o paulista tomando uma surra do compressor de ar. Ele ligava no isqueiro do carro, escapava ar pelo bico do pneu traseiro... ele corria pra segurar a mangueira no bico, dava mau contato no isqueiro e desligava o compressor...

E eu pulando na chave de roda, tentando tirar os parafusos, procurando o ponto de fixaçao do macaco...

Eis que surge o farol do fucking Astra se aproximando... se aproximando... parou a 5 metros do meu carro. O paulista repetia "fica calmo e nao corre, fica calmo e nao corre, sem movimentos bruscos".. naquele momento, o cara com uns 20 anos a mais que eu, forte que nem um touro, assumo que causava um certo conforto te-lo ao meu lado, mesmo ele sendo curintiano...

Nisso, o astra ligou o farol alto, abriu as 4 portas, eu quase defequei nas calças e nao parou de descer gente daquela porra de carro.. parecia que tinha um pelotão inteiro da jovem fla lá dentro. E o paulista repetindo "fica calmo e nao corre"... De repente, silencio. Ele parou de repetir. Parei de olhar pro Astra por um segundo e olhei pra ele... a franga tava correndo como se nao houvesse amanha pra dentro do mato do acostamento, agarrado com o compressor de ar embaixo do braço... fdp

Aí, o motorista veio até mim e desencostou o meu estepe da lateral do meu carro. Pensei "fudeu, perdi o pneu, nao faço ideia como ele vai encaixar esse pneu de s10 em um astra, mas fato que perdi o pneu".

O cara deitou o pneu no chao e falou: "do jeito que tava ia arranhar a pintura". Pegou a chave de roda das minhas maos, sem falar nada.. voltou no carro dele, trocou o pneu, guardou tudo, deixou a minha chave no chao, entrou no carro com o resto do circo todo e foi embora. Absoluto silencio... se eles nao falavam nada, muito menos eu. Fiquei ali quietinho.

Então.. Cade o paulista? esperei o astra ir embora e chamei por ele... sem exagero, o cara tava uns 150 metros da estrada.
-"Bora, vacilão!"
-"Porra, por que voce nao correu quando eu corri?"
-"Vtnc, vambora"
-"Eles levaram o estepe?"
-"Nao, só usaram a chave de roda, mas devolveram"
-"Po, cara, tem como voce terminar de trocar o pneu e apontar o farol do carro pra ca? Essa porra ta cheia de cactos, eu to todo fudido aqui..."

Irmão, quando eu botei o farol dava pra ver bem.. eram 112km pra direita só de areia e vegetaçao rasteira... 96km pra esquerda só de vegetaçao rasteira e areia... e uma faixa 15 metros a minha frente com uma mini duna e uma porrada de cactos.. e, claro, um paulista bem no meio, todo lanhado.

Eu puto com ele, nao aguentei... comecei a rir pra caralho a beça e passou a raiva... ri tanto que, no final, ele tava puto comigo, mas riu tambem.


Esse adendo nada teve a ver com relacionamento a distancia, mas depois eu vejo se tenho tempo de contar a vez que eu morei em belem do para atras de uma menina que eu conheci no ragnarok ou a historia de como eu conheci a minha esposa... abraços, galera.
KKKKKKKKKKK FODA
Imagem
EURIQUISTA NEM É GENTE!
Imagem


Voltar para “Outros Assuntos”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante