NOVAS COTAS DE TV

Comente sobre tudo o que rola no \'Mundo da Bola\' no BRASIL de uma maneira Geral.

O que vc achou da mudança de cotas de TV?

Boa
6
22%
Ruim
15
56%
Não Sei
6
22%
 
Total de votos: 27

Avatar do usuário
Pada
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 948
Registrado em: 30 Dez 2015, 16:32

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por Pada » 11 Dez 2018, 17:30

Zdenek escreveu:
11 Dez 2018, 13:11
Espanholização é um espantalho que serve de bengala para incompetência.

Grêmio ganha menos que cota de TV que o Vasco e ganhou Libertadores. Internacional ganha menos de TV que o Vasco e subiu ficando na ponta do Brasileiro desse ano. Chapecoense ganha infinitamente menos de TV que o Vasco e nos últimos 5 anos tem um trabalho mais consistente que o Vasco.

Inter, Grêmio e outros conseguiram o óbvio. Diversificar receita. Enquanto o Vasco ficar sempre de pires na mão atrás de televisão, vai ser isso daí que é hoje.

Vasco foi vestido de cu na festa de piroca armada por Corinthians e Flamengo anos atrás. Vasco tem 3 quedas de divisão nos últimos 10 anos. Vasco tem presidente com asterisco. Vasco paga, hoje, as prestações dos erros passados.
Não pode misturar as coisas.

O Vasco tem sérios problemas de administração há anos? Óbvio. Com uma boa administração, poderia ter resultados muito melhores, como ganhar uma CP, um brasileiro ou até uma libertadores. Ainda poderia até esse ano. Até Criciúma e Santo André foram campeões da CB. Ponto fora da curva.

Agora, subestimar o poder de uma diferença de 200 milhões em receita só de televisão é muita ingenuidade. Inter, Grêmio e até Cruzeiro conseguiram compensar a diferença de cotas de TV ( 30/40 milhões) com sócios e boa administração? Claro. Conseguiram. Não vão conseguir mais. O volume de dinheiro é muito grande. Pode botar o Meireles para comandar as finanças, conseguir 100 mil sócios adimplentes (o que a torcida do Vasco nunca vai conseguir, infelizmente) que não vai conseguir equiparar.

É só ver o Palmeiras. Caiu duas vezes, DIRETOR chegou a dizer que eles eram time médio quando caíram a segunda vez e agora tão na ponta. Tremenda administração? Um pouco, mas o fator decisivo é grans: um mecenas resolveu botar rios de dinheiro no clube. Simples. E ainda contratam mal muitas vezes, mas tem para esbanjar.

Dá para fazer uma boa administração, aparecer algum talento da base, montar um time que chegue nas cabeças um ano, mas no ano seguinte terá os melhores comprados pelo rival por dois motivos: reforçar seu time e enfraquecer os outros.

E aí, como já disse, não tem Júlio Brant, Leila, Campelo, Eurico, Dinamite, Calçada, e o caralho que que dê jeito.

É assim que funciona. Só não vê quem não quer. O abismo financeiro vai espanholizar sim, infelizmente. Talvez não para dois times porque o Brasil é grande. Talvez 3 ou até 4, mas os dois principais vão ser os dois mais sujos.

Única solução, já falei, seria uma união do que era o clube dos 13 menos as duas quadrilhas e bater o pé. Mas também não vai acontecer. Cada clube só olha pra sim e a maioria dos dirigentes são corruptos.

Então, foi bom enquanto durou.
Imagem

Online
Avatar do usuário
luizito1985
Benemérito
Benemérito
Mensagens: 3991
Registrado em: 11 Ago 2018, 18:44
Localização: Manaus-AM

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por luizito1985 » 12 Dez 2018, 13:43

"Na tarde desta terça-feira, está marcada no Palmeiras uma reunião com representantes da Blackstar International Limited, com escritórios na Ásia e com atuação no mercado de energia e bioenergia. A empresa tem uma proposta de patrocínio que chega próximo de R$ 1 bilhão por dez anos, com valor que pode chegar a R$ 1,4 bilhão com adicionais."

Aí vira covardia, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
Campeão de Terra e Mar. :clbt: :clbt: :clbt:

Vascaíno Ácido
Promessa
Promessa
Mensagens: 193
Registrado em: 18 Nov 2016, 09:17

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por Vascaíno Ácido » 12 Dez 2018, 14:15

luizito1985 escreveu:
12 Dez 2018, 13:43
"Na tarde desta terça-feira, está marcada no Palmeiras uma reunião com representantes da Blackstar International Limited, com escritórios na Ásia e com atuação no mercado de energia e bioenergia. A empresa tem uma proposta de patrocínio que chega próximo de R$ 1 bilhão por dez anos, com valor que pode chegar a R$ 1,4 bilhão com adicionais."

Aí vira covardia, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
já li hoje no site do terra que se o palmeiras recusar, vão procurar curintia e fla...

Avatar do usuário
Barbosa
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 846
Registrado em: 08 Mar 2018, 17:39

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por Barbosa » 12 Dez 2018, 15:06

luizito1985 escreveu:
12 Dez 2018, 13:43
"Na tarde desta terça-feira, está marcada no Palmeiras uma reunião com representantes da Blackstar International Limited, com escritórios na Ásia e com atuação no mercado de energia e bioenergia. A empresa tem uma proposta de patrocínio que chega próximo de R$ 1 bilhão por dez anos, com valor que pode chegar a R$ 1,4 bilhão com adicionais."

Aí vira covardia, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
Essa história aí está bem esquisita. Se você procurar por esse nome na internet não vai encontrar quase nada. Só um site bem estranho fazendo referência a mineração de pedras preciosas.

Avatar do usuário
AlmiranteCRVG
Júnior
Júnior
Mensagens: 1956
Registrado em: 29 Dez 2015, 23:09
Localização: Natal - RN
Contato:

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por AlmiranteCRVG » 26 Dez 2018, 22:36

VAMOS, PALMEIRAS!! Imagem

Tensão na Globo. Palmeiras não aceita ganhar menos que ninguém
Segue firme o motim com o Brasileiro de 2019 e Palmeiras ainda não renovou. Não aceita receber menos do que Corinthians e Flamengo

A Globo nunca passou por um sufoco tão grande.

Jamais, em pleno Natal, não teve a certeza de que não teria o direito de transmitir os jogos do atual campeão nacional no Brasileiro do próximo ano.

E é exatamente o que acontece.

Erro grave de avaliação da cúpula da emissora carioca, que acreditou estar o presidente Mauricio Galiotte blefando.

Desde março, há nove meses, não se levou a sério o recado do dirigente palmeirense, que não só não aceitaria receber 20% a menos nas transmissões pela tevê aberta e pelo pay-per-view, por ter assinado com o Esporte Interativo pelos jogos a serem mostrados nos canais a cabo.

Galiotte não só não aceitava o 'castigo', como, por exemplo, o Santos aceitou.

O dirigente avisou que queria a certeza que ganharia, no mínimo, o mesmo que Corinthians e Flamengo, na aberta e no pay-per-view.

Na tevê aberta, o acordo para 2019 é o seguinte. 40% dividido igualmente, 30% por posição na tabela e 30% por exibição dos jogos. Corinthians e Flamengo têm tradicionalmente mais jogos transmitidos pela Globo. E mais, no pay-per-view, a emissora resolveu pagar mais aos clubes de maior torcida. Ambos têm garantido, no mínimo, 18,5%. Mais a garantia de receber mais pelas placas publicitárias.

Galiotte foi claro.

Ou o mesmo que Corinthians e Flamengo, ou nada.

Sim, a direção palmeirense não quer se sujeitar a receber menos que os dois rivais. Por ser o atual campeão e ter a garantia de reforçar ainda mais o fortíssimo elenco para 2019. E não depende do dinheiro da Globo para sobreviver. A emissora pode ficar sem suas 38 partidas no Brasileirio. Na tevê aberta e no pay-per-view.

Situação que traria o caos.

E pode ficar pior.

Porque a postura firme de Galiotte contaminou os dirigentes do Athletico Paranaense e Bahia. Ambos que assinaram com o Esporte Interativo, seguem também firmes. Não aceitam a multa que a Globo quer impor de 20% a menos para que suas partidas sejam mostradas na tevê aberta e no pay-per-view.

O caso é inédito.

E só tumultua ainda mais o próximo ano para o Sportv, canal a cabo da Globo.

Ele tem contrato com apenas 13 equipes das 20 que disputarão a competição.

Elas farão 156 partidas entre si.

Já o Esporte Interativo tem outros sete times, que farão 42 jogos entre si.

Aí vem a legislação brasileira.

Qualquer emissora para transmitir um jogo precisa ter contrato com os dois times.

Serão 182 confrontos entre equipes da Globo contra clubes do Esporte Interativo.

Essas partidas não serão mostradas na tevê fechada.

O Brasileiro tem 760 jogos.

224 partidas poderiam não serem vistas.

A tabela ainda poderá prejudicar o Esporte Interativo.

Colocando, por exemplo, jogos entre entre clubes 'da Globo' e do EI. Nenhuma partida seria mostrada pelos canais TNT e Space, que o El usará em 2019.

Galiotte já conversou até com Leila Pereira.

A Crefisa não criará problemas se as partidas não forem mostradas e a patrocinadora perder visibibilidade.

Leila não aceita Corinthians e Flamengo mais valorizados que o atual campeão brasileiro.

O Brasileiro acontecerá entre 28 de abril até 8 de dezembro.

Galiotte não está preocupado.

Acredita que fará história ao virar as costas à Globo também na aberta. Já fez o mesmo na tevê a cabo, fazendo um contrato excelente, R$ 100 milhões só como luvas, algo inimaginável anos atrás, para tevê a cabo.

O presidente palmeirense tem o apoio do Conselho Deliberativo e do Conselho de Orientação Fiscal do Palmeiras.

A ordem dos líderes do clube e apoiar a postura do dirigente.

Há um consenso de que o Palmeiras sempre foi relegado a segundo plano pela emissora carioca.

E chegou a hora do troco.

Ou paga o mesmo que Corinthians e Flamengo ou nada feito!

O Natal na Globo foi de tensão.

Só para não encontrar seu desafeto, Galvão Bueno.

A emissora usou o humorista Carioca na entrega do prêmio de melhor técnico, que seria entregue a Felipão.

Foi um vexame.

O motim liderado pelo Palmeiras pode ser um caos.

Porque atingiria em cheio os patrocinadores.

Pelo menos agora há uma certeza entre os executivos globais.

Galiotte não está blefando.

E o Palmeiras se mostra pronto para ficar de fora da tevê aberta em 2019.

Como o Athletico Paranaense e Bahia.

Seria um vexame para o Brasileiro.

O torneio disputado sem os telespectadores assistirem seu atual campeão jogar.

A saída é fácil.

Garantir ao Palmeiras o mesmo dinheiro de Corinthians e Flamengo.

Caso contrário, não interessa a Galiotte...

Fonte: R7
NÃO BOICOTE O VASCO! SEJA SÓCIO COM VOTO OU SÓCIO TORCEDOR!

:band:

Roger_R1
Júnior
Júnior
Mensagens: 1244
Registrado em: 01 Jan 2016, 22:35

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por Roger_R1 » 26 Dez 2018, 22:48

Será que todo esse embroglio é verdade??
São muitas pendências em jogo.
Fico imaginando como foi essa reunião (ou não rolou reunião) para divisão de cotas.

Marcos Baptista
Promessa
Promessa
Mensagens: 401
Registrado em: 22 Jan 2018, 15:46

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por Marcos Baptista » 26 Dez 2018, 22:55

AlmiranteCRVG escreveu:
26 Dez 2018, 22:36
VAMOS, PALMEIRAS!! Imagem

Tensão na Globo. Palmeiras não aceita ganhar menos que ninguém
Segue firme o motim com o Brasileiro de 2019 e Palmeiras ainda não renovou. Não aceita receber menos do que Corinthians e Flamengo

A Globo nunca passou por um sufoco tão grande.

Jamais, em pleno Natal, não teve a certeza de que não teria o direito de transmitir os jogos do atual campeão nacional no Brasileiro do próximo ano.

E é exatamente o que acontece.

Erro grave de avaliação da cúpula da emissora carioca, que acreditou estar o presidente Mauricio Galiotte blefando.

Desde março, há nove meses, não se levou a sério o recado do dirigente palmeirense, que não só não aceitaria receber 20% a menos nas transmissões pela tevê aberta e pelo pay-per-view, por ter assinado com o Esporte Interativo pelos jogos a serem mostrados nos canais a cabo.

Galiotte não só não aceitava o 'castigo', como, por exemplo, o Santos aceitou.

O dirigente avisou que queria a certeza que ganharia, no mínimo, o mesmo que Corinthians e Flamengo, na aberta e no pay-per-view.

Na tevê aberta, o acordo para 2019 é o seguinte. 40% dividido igualmente, 30% por posição na tabela e 30% por exibição dos jogos. Corinthians e Flamengo têm tradicionalmente mais jogos transmitidos pela Globo. E mais, no pay-per-view, a emissora resolveu pagar mais aos clubes de maior torcida. Ambos têm garantido, no mínimo, 18,5%. Mais a garantia de receber mais pelas placas publicitárias.

Galiotte foi claro.

Ou o mesmo que Corinthians e Flamengo, ou nada.

Sim, a direção palmeirense não quer se sujeitar a receber menos que os dois rivais. Por ser o atual campeão e ter a garantia de reforçar ainda mais o fortíssimo elenco para 2019. E não depende do dinheiro da Globo para sobreviver. A emissora pode ficar sem suas 38 partidas no Brasileirio. Na tevê aberta e no pay-per-view.

Situação que traria o caos.

E pode ficar pior.

Porque a postura firme de Galiotte contaminou os dirigentes do Athletico Paranaense e Bahia. Ambos que assinaram com o Esporte Interativo, seguem também firmes. Não aceitam a multa que a Globo quer impor de 20% a menos para que suas partidas sejam mostradas na tevê aberta e no pay-per-view.

O caso é inédito.

E só tumultua ainda mais o próximo ano para o Sportv, canal a cabo da Globo.

Ele tem contrato com apenas 13 equipes das 20 que disputarão a competição.

Elas farão 156 partidas entre si.

Já o Esporte Interativo tem outros sete times, que farão 42 jogos entre si.

Aí vem a legislação brasileira.

Qualquer emissora para transmitir um jogo precisa ter contrato com os dois times.

Serão 182 confrontos entre equipes da Globo contra clubes do Esporte Interativo.

Essas partidas não serão mostradas na tevê fechada.

O Brasileiro tem 760 jogos.

224 partidas poderiam não serem vistas.

A tabela ainda poderá prejudicar o Esporte Interativo.

Colocando, por exemplo, jogos entre entre clubes 'da Globo' e do EI. Nenhuma partida seria mostrada pelos canais TNT e Space, que o El usará em 2019.

Galiotte já conversou até com Leila Pereira.

A Crefisa não criará problemas se as partidas não forem mostradas e a patrocinadora perder visibibilidade.

Leila não aceita Corinthians e Flamengo mais valorizados que o atual campeão brasileiro.

O Brasileiro acontecerá entre 28 de abril até 8 de dezembro.

Galiotte não está preocupado.

Acredita que fará história ao virar as costas à Globo também na aberta. Já fez o mesmo na tevê a cabo, fazendo um contrato excelente, R$ 100 milhões só como luvas, algo inimaginável anos atrás, para tevê a cabo.

O presidente palmeirense tem o apoio do Conselho Deliberativo e do Conselho de Orientação Fiscal do Palmeiras.

A ordem dos líderes do clube e apoiar a postura do dirigente.

Há um consenso de que o Palmeiras sempre foi relegado a segundo plano pela emissora carioca.

E chegou a hora do troco.

Ou paga o mesmo que Corinthians e Flamengo ou nada feito!

O Natal na Globo foi de tensão.

Só para não encontrar seu desafeto, Galvão Bueno.

A emissora usou o humorista Carioca na entrega do prêmio de melhor técnico, que seria entregue a Felipão.

Foi um vexame.

O motim liderado pelo Palmeiras pode ser um caos.

Porque atingiria em cheio os patrocinadores.

Pelo menos agora há uma certeza entre os executivos globais.

Galiotte não está blefando.

E o Palmeiras se mostra pronto para ficar de fora da tevê aberta em 2019.

Como o Athletico Paranaense e Bahia.

Seria um vexame para o Brasileiro.

O torneio disputado sem os telespectadores assistirem seu atual campeão jogar.

A saída é fácil.

Garantir ao Palmeiras o mesmo dinheiro de Corinthians e Flamengo.

Caso contrário, não interessa a Galiotte...

Fonte: R7
Palmeiras tá de parabéns, o que me dói é que o Vasco não é menor que o Palmeiras, se não tivessem afundado o Clube em 18 anos poderia estar na mesma condição agora, afrontando a globo de verdade, aquele SBT ma camisa na final do BR de 2000 foi só mais uma das centenas de bravatas do Eurico.

Avatar do usuário
mmafonso
Júnior
Júnior
Mensagens: 1462
Registrado em: 30 Dez 2015, 20:24
Localização: Rio de Janeiro

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por mmafonso » 26 Dez 2018, 23:49

Pois é, ainda bem que o Palmeiras está levantando uma bandeira que poderá ser benéfica para todos os demais clubes, uma pena que o Vasco esteja na merda que está e não poder apoiar o Palmeiras nesta empreitada
NO FUTEBOL ÉS UM TRAÇO
Imagem
DE UNIÃO BRASIL-PORTUGAL

mmafonso

Avatar do usuário
yago
Promessa
Promessa
Mensagens: 451
Registrado em: 24 Jan 2018, 22:00

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por yago » 27 Dez 2018, 00:26

O Vasco tinha que se juntar com Palmeiras e São Paulo para não aceitar ganhar menos que esses merdas de gambás e mulambos!!!!
A torcida do Vasco é a 1° em reclamação e a ultima em apoio!!! Depois não sabem porquê não temos patrocínios fortes.

Avatar do usuário
viajante
Júnior
Júnior
Mensagens: 3657
Registrado em: 30 Dez 2015, 16:31

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por viajante » 27 Dez 2018, 09:05

mmafonso escreveu:
26 Dez 2018, 23:49
Pois é, ainda bem que o Palmeiras está levantando uma bandeira que poderá ser benéfica para todos os demais clubes, uma pena que o Vasco esteja na merda que está e não poder apoiar o Palmeiras nesta empreitada
É mais fácil tirarem dinheiro do Vasco para pagar um valor extra ao Palmeiras.
Enquanto o Palmeiras tá aí brigando, o Vasco na "gestão" Eurico se prostituiu para a Globo em troca de luvas e adiantamento de cotas.
Agora só temos chance de brigar novamente na próxima renovação de contrato, daqui a vários anos.
“Não entendo como as pessoas conseguiram deixar uma instituição centenária, como o Vasco, na mão de empresários. (...) Não se pode deixar o senhor Carlos Leite, empresário de muitos jogadores ali dentro, fazer o que bem entende.” - Eurico Miranda em 2011

Avatar do usuário
viajante
Júnior
Júnior
Mensagens: 3657
Registrado em: 30 Dez 2015, 16:31

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por viajante » 27 Dez 2018, 09:05

mmafonso escreveu:
26 Dez 2018, 23:49
Pois é, ainda bem que o Palmeiras está levantando uma bandeira que poderá ser benéfica para todos os demais clubes, uma pena que o Vasco esteja na merda que está e não poder apoiar o Palmeiras nesta empreitada
É mais fácil tirarem dinheiro do Vasco para pagar um valor extra ao Palmeiras.
Enquanto o Palmeiras tá aí brigando, o Vasco na "gestão" Eurico se prostituiu para a Globo em troca de luvas e adiantamento de cotas.
Agora só temos chance de brigar novamente na próxima renovação de contrato, daqui a vários anos.
“Não entendo como as pessoas conseguiram deixar uma instituição centenária, como o Vasco, na mão de empresários. (...) Não se pode deixar o senhor Carlos Leite, empresário de muitos jogadores ali dentro, fazer o que bem entende.” - Eurico Miranda em 2011

Avatar do usuário
Victor_92
Profissional
Profissional
Mensagens: 6983
Registrado em: 30 Dez 2015, 19:51
Localização: Rio de Janeiro - RJ

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por Victor_92 » 27 Dez 2018, 11:50

AlmiranteCRVG escreveu:
26 Dez 2018, 22:36
VAMOS, PALMEIRAS!! Imagem

Tensão na Globo. Palmeiras não aceita ganhar menos que ninguém
Segue firme o motim com o Brasileiro de 2019 e Palmeiras ainda não renovou. Não aceita receber menos do que Corinthians e Flamengo

A Globo nunca passou por um sufoco tão grande.

Jamais, em pleno Natal, não teve a certeza de que não teria o direito de transmitir os jogos do atual campeão nacional no Brasileiro do próximo ano.

E é exatamente o que acontece.

Erro grave de avaliação da cúpula da emissora carioca, que acreditou estar o presidente Mauricio Galiotte blefando.

Desde março, há nove meses, não se levou a sério o recado do dirigente palmeirense, que não só não aceitaria receber 20% a menos nas transmissões pela tevê aberta e pelo pay-per-view, por ter assinado com o Esporte Interativo pelos jogos a serem mostrados nos canais a cabo.

Galiotte não só não aceitava o 'castigo', como, por exemplo, o Santos aceitou.

O dirigente avisou que queria a certeza que ganharia, no mínimo, o mesmo que Corinthians e Flamengo, na aberta e no pay-per-view.

Na tevê aberta, o acordo para 2019 é o seguinte. 40% dividido igualmente, 30% por posição na tabela e 30% por exibição dos jogos. Corinthians e Flamengo têm tradicionalmente mais jogos transmitidos pela Globo. E mais, no pay-per-view, a emissora resolveu pagar mais aos clubes de maior torcida. Ambos têm garantido, no mínimo, 18,5%. Mais a garantia de receber mais pelas placas publicitárias.

Galiotte foi claro.

Ou o mesmo que Corinthians e Flamengo, ou nada.

Sim, a direção palmeirense não quer se sujeitar a receber menos que os dois rivais. Por ser o atual campeão e ter a garantia de reforçar ainda mais o fortíssimo elenco para 2019. E não depende do dinheiro da Globo para sobreviver. A emissora pode ficar sem suas 38 partidas no Brasileirio. Na tevê aberta e no pay-per-view.

Situação que traria o caos.

E pode ficar pior.

Porque a postura firme de Galiotte contaminou os dirigentes do Athletico Paranaense e Bahia. Ambos que assinaram com o Esporte Interativo, seguem também firmes. Não aceitam a multa que a Globo quer impor de 20% a menos para que suas partidas sejam mostradas na tevê aberta e no pay-per-view.

O caso é inédito.

E só tumultua ainda mais o próximo ano para o Sportv, canal a cabo da Globo.

Ele tem contrato com apenas 13 equipes das 20 que disputarão a competição.

Elas farão 156 partidas entre si.

Já o Esporte Interativo tem outros sete times, que farão 42 jogos entre si.

Aí vem a legislação brasileira.

Qualquer emissora para transmitir um jogo precisa ter contrato com os dois times.

Serão 182 confrontos entre equipes da Globo contra clubes do Esporte Interativo.

Essas partidas não serão mostradas na tevê fechada.

O Brasileiro tem 760 jogos.

224 partidas poderiam não serem vistas.

A tabela ainda poderá prejudicar o Esporte Interativo.

Colocando, por exemplo, jogos entre entre clubes 'da Globo' e do EI. Nenhuma partida seria mostrada pelos canais TNT e Space, que o El usará em 2019.

Galiotte já conversou até com Leila Pereira.

A Crefisa não criará problemas se as partidas não forem mostradas e a patrocinadora perder visibibilidade.

Leila não aceita Corinthians e Flamengo mais valorizados que o atual campeão brasileiro.

O Brasileiro acontecerá entre 28 de abril até 8 de dezembro.

Galiotte não está preocupado.

Acredita que fará história ao virar as costas à Globo também na aberta. Já fez o mesmo na tevê a cabo, fazendo um contrato excelente, R$ 100 milhões só como luvas, algo inimaginável anos atrás, para tevê a cabo.

O presidente palmeirense tem o apoio do Conselho Deliberativo e do Conselho de Orientação Fiscal do Palmeiras.

A ordem dos líderes do clube e apoiar a postura do dirigente.

Há um consenso de que o Palmeiras sempre foi relegado a segundo plano pela emissora carioca.

E chegou a hora do troco.

Ou paga o mesmo que Corinthians e Flamengo ou nada feito!

O Natal na Globo foi de tensão.

Só para não encontrar seu desafeto, Galvão Bueno.

A emissora usou o humorista Carioca na entrega do prêmio de melhor técnico, que seria entregue a Felipão.

Foi um vexame.

O motim liderado pelo Palmeiras pode ser um caos.

Porque atingiria em cheio os patrocinadores.

Pelo menos agora há uma certeza entre os executivos globais.

Galiotte não está blefando.

E o Palmeiras se mostra pronto para ficar de fora da tevê aberta em 2019.

Como o Athletico Paranaense e Bahia.

Seria um vexame para o Brasileiro.

O torneio disputado sem os telespectadores assistirem seu atual campeão jogar.

A saída é fácil.

Garantir ao Palmeiras o mesmo dinheiro de Corinthians e Flamengo.

Caso contrário, não interessa a Galiotte...

Fonte: R7

Com o fim dos clubes dos 13 difícil outros clubes receberem o mesmo montante de Corinthians e Flamengo.

Esse brasileirão 2019 em termos de transmissão vai ser uma merda, clubes da globosat, clubes do EI, Palmeiras sem direitos ... vai ter muito jogo no "escuro" sem transmissão por conta de contrato.

SOYCD
Promessa
Promessa
Mensagens: 76
Registrado em: 30 Jan 2018, 11:02

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por SOYCD » 27 Dez 2018, 11:59

O Palmeiras só faz isso porque não tem mais problemas financeiros, se estivesse como nós poderia até reclamar mas depois ia comer caladinho.

Embora certa a atitude, é simplesmente egoísta, seria pioneiro e louvavel se a atitude deles fosse para que todos tenha a mesma cota.

Com dinheiro é facil impor oque você quer, quero ver duro e fudido.

Não se confundem com essa atitude pensando que é essa a maneira de pensar, como eu disse, é apenas egoísmo, e embora esteja certo em querer o bem do seu clube, querer somente o que é seu e meter o foda-se para o resto no Brasil já está cheio.

Avatar do usuário
Ysell
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 929
Registrado em: 15 Ago 2016, 20:30

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por Ysell » 27 Dez 2018, 12:46

Se não fosse contrato de exclusividade seria uma ótima oportunidade para as empresas de streaming entrarem na briga (em especial a Amazon) pela transmissão.

Ainda não entendo o motivo de um percentual tão alto para jogos transmitidos, que é uma arbitrariedade da emissora. O clube sai perdendo duas vezes se não tiver o jogo transmitido, não recebe da emissora e ainda prejudica a negociação por patrocínios pq vai ter menos exposição.

Avatar do usuário
vigo
Profissional
Profissional
Mensagens: 5847
Registrado em: 04 Jan 2016, 08:58

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por vigo » 27 Dez 2018, 13:22

Marcos Baptista escreveu:
26 Dez 2018, 22:55
AlmiranteCRVG escreveu:
26 Dez 2018, 22:36
VAMOS, PALMEIRAS!! Imagem

Tensão na Globo. Palmeiras não aceita ganhar menos que ninguém
Segue firme o motim com o Brasileiro de 2019 e Palmeiras ainda não renovou. Não aceita receber menos do que Corinthians e Flamengo

A Globo nunca passou por um sufoco tão grande.

Jamais, em pleno Natal, não teve a certeza de que não teria o direito de transmitir os jogos do atual campeão nacional no Brasileiro do próximo ano.

E é exatamente o que acontece.

Erro grave de avaliação da cúpula da emissora carioca, que acreditou estar o presidente Mauricio Galiotte blefando.

Desde março, há nove meses, não se levou a sério o recado do dirigente palmeirense, que não só não aceitaria receber 20% a menos nas transmissões pela tevê aberta e pelo pay-per-view, por ter assinado com o Esporte Interativo pelos jogos a serem mostrados nos canais a cabo.

Galiotte não só não aceitava o 'castigo', como, por exemplo, o Santos aceitou.

O dirigente avisou que queria a certeza que ganharia, no mínimo, o mesmo que Corinthians e Flamengo, na aberta e no pay-per-view.

Na tevê aberta, o acordo para 2019 é o seguinte. 40% dividido igualmente, 30% por posição na tabela e 30% por exibição dos jogos. Corinthians e Flamengo têm tradicionalmente mais jogos transmitidos pela Globo. E mais, no pay-per-view, a emissora resolveu pagar mais aos clubes de maior torcida. Ambos têm garantido, no mínimo, 18,5%. Mais a garantia de receber mais pelas placas publicitárias.

Galiotte foi claro.

Ou o mesmo que Corinthians e Flamengo, ou nada.

Sim, a direção palmeirense não quer se sujeitar a receber menos que os dois rivais. Por ser o atual campeão e ter a garantia de reforçar ainda mais o fortíssimo elenco para 2019. E não depende do dinheiro da Globo para sobreviver. A emissora pode ficar sem suas 38 partidas no Brasileirio. Na tevê aberta e no pay-per-view.

Situação que traria o caos.

E pode ficar pior.

Porque a postura firme de Galiotte contaminou os dirigentes do Athletico Paranaense e Bahia. Ambos que assinaram com o Esporte Interativo, seguem também firmes. Não aceitam a multa que a Globo quer impor de 20% a menos para que suas partidas sejam mostradas na tevê aberta e no pay-per-view.

O caso é inédito.

E só tumultua ainda mais o próximo ano para o Sportv, canal a cabo da Globo.

Ele tem contrato com apenas 13 equipes das 20 que disputarão a competição.

Elas farão 156 partidas entre si.

Já o Esporte Interativo tem outros sete times, que farão 42 jogos entre si.

Aí vem a legislação brasileira.

Qualquer emissora para transmitir um jogo precisa ter contrato com os dois times.

Serão 182 confrontos entre equipes da Globo contra clubes do Esporte Interativo.

Essas partidas não serão mostradas na tevê fechada.

O Brasileiro tem 760 jogos.

224 partidas poderiam não serem vistas.

A tabela ainda poderá prejudicar o Esporte Interativo.

Colocando, por exemplo, jogos entre entre clubes 'da Globo' e do EI. Nenhuma partida seria mostrada pelos canais TNT e Space, que o El usará em 2019.

Galiotte já conversou até com Leila Pereira.

A Crefisa não criará problemas se as partidas não forem mostradas e a patrocinadora perder visibibilidade.

Leila não aceita Corinthians e Flamengo mais valorizados que o atual campeão brasileiro.

O Brasileiro acontecerá entre 28 de abril até 8 de dezembro.

Galiotte não está preocupado.

Acredita que fará história ao virar as costas à Globo também na aberta. Já fez o mesmo na tevê a cabo, fazendo um contrato excelente, R$ 100 milhões só como luvas, algo inimaginável anos atrás, para tevê a cabo.

O presidente palmeirense tem o apoio do Conselho Deliberativo e do Conselho de Orientação Fiscal do Palmeiras.

A ordem dos líderes do clube e apoiar a postura do dirigente.

Há um consenso de que o Palmeiras sempre foi relegado a segundo plano pela emissora carioca.

E chegou a hora do troco.

Ou paga o mesmo que Corinthians e Flamengo ou nada feito!

O Natal na Globo foi de tensão.

Só para não encontrar seu desafeto, Galvão Bueno.

A emissora usou o humorista Carioca na entrega do prêmio de melhor técnico, que seria entregue a Felipão.

Foi um vexame.

O motim liderado pelo Palmeiras pode ser um caos.

Porque atingiria em cheio os patrocinadores.

Pelo menos agora há uma certeza entre os executivos globais.

Galiotte não está blefando.

E o Palmeiras se mostra pronto para ficar de fora da tevê aberta em 2019.

Como o Athletico Paranaense e Bahia.

Seria um vexame para o Brasileiro.

O torneio disputado sem os telespectadores assistirem seu atual campeão jogar.

A saída é fácil.

Garantir ao Palmeiras o mesmo dinheiro de Corinthians e Flamengo.

Caso contrário, não interessa a Galiotte...

Fonte: R7
Palmeiras tá de parabéns, o que me dói é que o Vasco não é menor que o Palmeiras, se não tivessem afundado o Clube em 18 anos poderia estar na mesma condição agora, afrontando a globo de verdade, aquele SBT ma camisa na final do BR de 2000 foi só mais uma das centenas de bravatas do Eurico.
A porcada está endo perfeita! E arrastando o Baea e o patético/PR!
Se os clubes tivessem vergonha na cara e não fossem administrados por marginais teriam se insuflado contra a porra dos 30% de "transmissão"! Isto é um disfarce pra Rede Grobo espalhar dinheiro a seu bel-prazer.

Avatar do usuário
TorbJorn
Promessa
Promessa
Mensagens: 351
Registrado em: 07 Dez 2017, 19:59

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por TorbJorn » 27 Dez 2018, 14:43

Posição louvável para o Palmeiras apenas.
O resto foda-se
Foda-se essa política de merda no Vasco

Avatar do usuário
Carlos Baptista
Promessa
Promessa
Mensagens: 154
Registrado em: 24 Jan 2017, 23:36

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por Carlos Baptista » 28 Dez 2018, 01:35

Provavelmente conseguirão o que querem, ou algo bem próximo. E na próxima rodada de negociações serão 3 clubes brigando para manter a discrepância.

Esse contrato que o Eurico assinou é muito bizarro. É simplesmente impossível alguém ser incompetente nesse nível. Com esse novo modelo, se formos campeões, teremos uma redução de aproximadamente R$ 22Mi para o que ganhamos hoje.
"Eu sou oposição ao Eurico desde sempre. Sou oposição a atual gestão." Verde, Banana

/+/ http://comdiretasvirosocio.com.br /+/

Avatar do usuário
yago
Promessa
Promessa
Mensagens: 451
Registrado em: 24 Jan 2018, 22:00

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por yago » 28 Dez 2018, 02:08

A grande discrepância nas cotas de TV não vem dos direito de TV aberta, mas sim o PPV que são destinados 40% dos lucros para mulambada e gambas!!!

Tudo isso com base em pesquisas fajutas feita por mulambos!!!!
A torcida do Vasco é a 1° em reclamação e a ultima em apoio!!! Depois não sabem porquê não temos patrocínios fortes.

Online
Avatar do usuário
luizito1985
Benemérito
Benemérito
Mensagens: 3991
Registrado em: 11 Ago 2018, 18:44
Localização: Manaus-AM

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por luizito1985 » 28 Dez 2018, 03:50

Com relação as cotas estamos praticamente fadados a sermos pagos com as menores parcelas, a não ser que haja uma reunião dos clubes desse escalão no formato do Clube dos treze ou que captemos uma boa quantidade de receitas o que acho um dos principais problemas da atual gestão, ficaremos renegados nesse quesito.
Campeão de Terra e Mar. :clbt: :clbt: :clbt:

Avatar do usuário
Zdenek
Júnior
Júnior
Mensagens: 2422
Registrado em: 29 Dez 2015, 22:16
Localização: Rio de Janeiro

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por Zdenek » 28 Dez 2018, 23:06

Palmeiras batendo de frente com a Globo...

Batendo de fato, não fazendo pataquada como colocar logo de emissora concorrente na camisa.

Isso pura e simplesmente por causa de gestão.

Lá a torcida e os sócios nunca se importaram com o tal do "respeito", ai não deram oportunidade de algum terror de boca "defender" o Palmeiras...
"Eu quero ser lembrado como alguém cuja vida foi útil à humanidade" - Thomas Sankara

Avatar do usuário
Carlos Baptista
Promessa
Promessa
Mensagens: 154
Registrado em: 24 Jan 2017, 23:36

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por Carlos Baptista » 30 Dez 2018, 05:28

Nem virou o ano e os efeitos já começaram a ser sentidos.

Dirigente do Botafogo lamenta baixa cota da Globo: "Não temos dinheiro"... - Veja mais em https://esporte.uol.com.br/futebol/ulti ... copiaecola
"Eu sou oposição ao Eurico desde sempre. Sou oposição a atual gestão." Verde, Banana

/+/ http://comdiretasvirosocio.com.br /+/

Avatar do usuário
natanaelfm
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 654
Registrado em: 27 Fev 2018, 02:13

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por natanaelfm » 30 Dez 2018, 22:04

Palmeiras é um clube de muita sorte.

Parmalat, Crefisa...

Avatar do usuário
RSL
Júnior
Júnior
Mensagens: 2473
Registrado em: 31 Dez 2015, 20:13

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por RSL » 30 Dez 2018, 22:14

pode dar uma cota de 200 milhões ao vasco por ano, que vai brigar contra o rebaixamento do msm jeito, o dinheiro ajuda, mas não é principal fator pra fazer um time campeão.

e volto a repetir podem jorrar milhões no vasco que esse vai brigar pra não cair eternamente, a culpa maior é de quem gere, e não do dinheiro em si, no vasco não existe competência pra nada.

Avatar do usuário
VAS_GLÓRIA [CRVG]
Júnior
Júnior
Mensagens: 2110
Registrado em: 08 Ago 2016, 00:55
Localização: Ancapistão

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por VAS_GLÓRIA [CRVG] » 30 Dez 2018, 22:55

RSL escreveu:
30 Dez 2018, 22:14
pode dar uma cota de 200 milhões ao vasco por ano, que vai brigar contra o rebaixamento do msm jeito, o dinheiro ajuda, mas não é principal fator pra fazer um time campeão.

e volto a repetir podem jorrar milhões no vasco que esse vai brigar pra não cair eternamente, a culpa maior é de quem gere, e não do dinheiro em si, no vasco não existe competência pra nada.
Se derem isso, vai chover penhora na Justiça

Avatar do usuário
AlmiranteCRVG
Júnior
Júnior
Mensagens: 1956
Registrado em: 29 Dez 2015, 23:09
Localização: Natal - RN
Contato:

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por AlmiranteCRVG » 10 Jan 2019, 17:57

Caso Arrascaeta: Kalil relembra profecia de 2014 e critica poder dado ao Flamengo no mercado

“Os clubes têm que mandar a televisão (Globo, detentora dos direitos de transmissão do Brasileirão) fazer o Campeonato apenas com o Flamengo. É hora de fazer uma grande guerra. Eles (TV) vão perder audiência. Se não for feito, os clubes vão fechar as portas". Para Alexandre Kalil, ex-presidente do Atlético e atual prefeito de Belo Horizonte, esta é a única solução para diminuir a cota do time carioca e, consequentemente, a disparidade em relação aos outros concorrentes da Série A.

De acordo com estudo da empresa de consultoria Ernest & Young, em caso de título, o Flamengo receberia cerca de R$327 milhões em cotas no Brasileirão 2019. Este valor, inclusive, é de R$147 milhões a mais que a projeção feita para o ano passada.

Já o Corinthians, detentor da segunda maior torcida do país, ficaria com R$271 milhões em caso de título. Este montante representa cerca de R$91 milhões a mais que em 2018.

No novo modelo de divisão de cotas, Atlético e Cruzeiro podem receber menos do que na temporada passada; o valor deve cair de R$108 para R$100 milhões, mesmo em caso de volta olímpica.

“Enquanto isso não acontecesse (o Flamengo entrar com força máxima no mercado), os clubes não iam acordar. Na última vez que negociei com eles (Globo), não deixei nem subirem na sede. Ficaram na calçada da Olegário Maciel. O Atlético foi o último a assinar”, acrescenta Kalil em entrevista ao Hoje em Dia.

Questionado sobre a não mudança de cenário, mesmo com a demora para assinar o acordo, o ex-presidente do Galo disse que vários fatores interferem na união dos clubes pela causa e que o atual cenário é consequência de “safadeza e corrupção”.

Palmeiras

Sobre o crescimento financeiro do Palmeiras nos últimos anos e a força do alviverde no mercado da bola, Kalil é enfático ao afirmar que não pode ser comparado com o Flamengo. De acordo com o prefeito da capital mineira, os paulistas arrecadavam menos que o Atlético durante seu mandato e que tiveram competência para se reestruturar e fazer a parceria com a Crefisa, patrocinadora master.

“O caso do Palmeiras é bem diferente e a gente não pode misturar as coisas. O Paulo Nobre (e-presidente) foi muito competente e isso é preciso ser destacado. Assim como o Alexandre Mattos (diretor de futebol), que tem sido muito feliz nas contratações”, explica o ex-presidente atleticano, que também frisou a competência do Cruzeiro em manter a maioria do elenco que conquistou o bicampeonato da Copa do Brasil e o técnico Mano Menezes.

Sobre o Atlético e seus desafios, Alexandre prefere se abster e, sem titubear, apenas afirma que “isso é assunto para o Sette Câmara (atual presidente) responder”. Ele ainda lembrou que, o time campeão da Libertadores em 2013, época em que ainda ocupava a principal cadeira do alvinegro, foi montado sem dinheiro em caixa.

Pedra cantada

A surpreendente ousadia do Flamengo ao investir no mercado da bola, principalmente com a batida de martelo com Gabigol e Arrascaeta, foi pedra cantada por Kalil há quase cinco anos. Em entrevista ao canal Fox Sports, ele previu o domínio rubronegro no cenário nacional.

“O Flamengo está com uma diretoria que está arrumando o clube. Se arrumar o Flamengo, acabou o futebol brasileiro. Temos que rezar para Flamengo e Corinthians trazerem um (Alexandre) Pato por ano, porque senão, nós vamos embora”, disse em dezembro de 2014.



Fonte: hojeemdia.com.br
NÃO BOICOTE O VASCO! SEJA SÓCIO COM VOTO OU SÓCIO TORCEDOR!

:band:

Avatar do usuário
Wesley Safadão
Júnior
Júnior
Mensagens: 3183
Registrado em: 07 Jan 2016, 20:33

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por Wesley Safadão » 10 Jan 2019, 18:23

Vai virar Espanha, favorecimento total para os queridos da mídia e a da arbitragem.
Meus amigos voltei! eu tava ficando doido :police:

Avatar do usuário
gustavo22
Promessa
Promessa
Mensagens: 415
Registrado em: 12 Dez 2017, 21:51

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por gustavo22 » 11 Jan 2019, 10:55

É oq o Kalil falou.. Os clubes precisam se unir, até o Corinthians ta recebendo bem menos que o Flamengo.

No dia em que os clubes se unirem e acabarem com essas palhaçadas de CBF, Federações Estaduais, Conmebol, o futebol brasileiro tem chances de ir pra frente.

Infelizmente muitos dos presidentes de clubes são picaretas também.

Espero que essas negociações do Flamengo pagando salario integral pro Gabigol e comprando o Arrascaeta tenha acendido o sinal de alerta pros outros clubes, na próxima renovação não aceitarem essa disparidade.

Globo e Flamengo não vão abrir mão? Joguem sozinhos.

Leskin
Júnior
Júnior
Mensagens: 1380
Registrado em: 09 Jan 2016, 14:24
Localização: Barra da Tijuca- RJ

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por Leskin » 11 Jan 2019, 11:04

Só os times pararem o campeonato no meio e deixa o curinthias e o merdao jogar simples assim!

Avatar do usuário
Barbosa
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 846
Registrado em: 08 Mar 2018, 17:39

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por Barbosa » 11 Jan 2019, 11:54

RSL escreveu:
30 Dez 2018, 22:14
pode dar uma cota de 200 milhões ao vasco por ano, que vai brigar contra o rebaixamento do msm jeito, o dinheiro ajuda, mas não é principal fator pra fazer um time campeão.

e volto a repetir podem jorrar milhões no vasco que esse vai brigar pra não cair eternamente, a culpa maior é de quem gere, e não do dinheiro em si, no vasco não existe competência pra nada.
Uma coisa não anula a outra. A maior responsabilidade pela draga em que o Vasco se encontra é dele mesmo.

Todavia, esse desnivelamento no direcionamento das receitas de transmissão podem acabar com a competitividade do futebol brasileiro.

Avatar do usuário
Barbosa
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 846
Registrado em: 08 Mar 2018, 17:39

Re: NOVAS COTAS DE TV

Mensagem por Barbosa » 11 Jan 2019, 12:06

gustavo22 escreveu:
11 Jan 2019, 10:55
É oq o Kalil falou.. Os clubes precisam se unir, até o Corinthians ta recebendo bem menos que o Flamengo.

No dia em que os clubes se unirem e acabarem com essas palhaçadas de CBF, Federações Estaduais, Conmebol, o futebol brasileiro tem chances de ir pra frente.

Infelizmente muitos dos presidentes de clubes são picaretas também.

Espero que essas negociações do Flamengo pagando salario integral pro Gabigol e comprando o Arrascaeta tenha acendido o sinal de alerta pros outros clubes, na próxima renovação não aceitarem essa disparidade.

Globo e Flamengo não vão abrir mão? Joguem sozinhos.
Falta uma liderança que una os demais clubes. Essa liderança poderia vir do Palmeiras, mas parece que alguns estão iludidos que a Crefisa vai durar para sempre e estão querendo bater de frente sozinhos.

A única solução seria que todos os demais clubes (excetuando Flamengo e Corinthians) se unissem e propusessem uma divisão mais justa e que fizesse mais sentido, garantindo a possibilidade de competitividade para que a competência na gestão financeira e no futebol possam de fato fazer a diferença. Tem de sentar e falar: com essa divisão, nós não participaremos do campeonato. Ou a Globo aceita ou fazem um campeonato de urubus e gambás se enfrentando 38 vezes por ano.

Hoje em dia, o Flamengo faz uma gestão patética do futebol, pagando fortunas em salários para jogadores que mal entram em campo estilo Geuvânio, Marlos Moreno etc. e no ano seguinte continuam com grana para tirar os destaques dos outros times. É claro que boa parte do sucesso vem da reformas que fizeram em sua gestão financeira, mas essa grana de televisão garante que, mesmo que errem bisonhamente nas contratações, no ano seguinte eles continuam prontos para uma competição desleal na hora de buscar os jogadores de outros times.

Essa história do Arrascaeta foi bem exemplificativa do que pode acontecer nos próximos anos caso nada seja feito.

Responder

Voltar para “Futebol Nacional”