JOGOS OLÍMPICOS RIO 2016

Área destinada a temas relacionados aos jogos olímpicos no Rio de Janeiro;
Avatar do usuário
edu_vascao
Benemérito
Benemérito
Mensagens: 2589
Registrado em: 24 Dez 2015, 10:57

Re: JOGOS OLÍMPICOS RIO 2016

Mensagem por edu_vascao » 23 Ago 2016, 15:11

SU CE SSO, sem mais... para decepcao dos q torceram contra, maioria vestido de vermelho eh claro... pq se nao forem eles q fazem ta errado!
Imagem
O dia da crianca tambem eh o dia do animal
pena de morte para corrupcao
#separario
Supremos Traidores Federais
Ja pode prender o Lula?

Avatar do usuário
raphaelrrc93
Promessa
Promessa
Mensagens: 85
Registrado em: 19 Mai 2016, 12:05
Localização: Ilha do Governador - RJ
Contato:

Re: JOGOS OLÍMPICOS RIO 2016

Mensagem por raphaelrrc93 » 23 Ago 2016, 15:19

sdds

Avatar do usuário
Felipe NFL
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 659
Registrado em: 30 Dez 2015, 21:31

Re: JOGOS OLÍMPICOS RIO 2016

Mensagem por Felipe NFL » 23 Ago 2016, 16:23

Será que agora terminarão as obras que não foram terminadas ou vão largar de lado? Ali no "porto maravilha" só a Praça Mauá ficou pronta pra turista ver, por exemplo.

E a ciclovia do parque olímpico que com a ventania de ontem já "descascou" toda? Material de ótema qualidade.
FORA TODOS! CHEGA DE FISIOLOGISMO, DE POLÍTICOS REACIONÁRIOS E CORRUPTOS! POR UMA SAÍDA À ESQUERDA!

Imagem

Avatar do usuário
Felipe NFL
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 659
Registrado em: 30 Dez 2015, 21:31

Re: JOGOS OLÍMPICOS RIO 2016

Mensagem por Felipe NFL » 23 Ago 2016, 16:28

"O apagar das luzes da cidade olímpica

O último dia de Olimpíada terminou como outro qualquer para uma parte da população do Rio de Janeiro: sem luz. Isso no entorno do palco de encerramento dos Jogos, o estádio do Maracanã. Enquanto o prefeito do Rio passava a bandeira olímpica aos japoneses, os moradores da smart city carioca procuravam uma vela no fundo da gaveta. Após dezenas de bilhões de reais investido, a cidade não resiste a uma chuva de inverno.

Assim fechamos um ciclo de 10 anos de grandes eventos esportivos no Rio de Janeiro, que começou com a preparação para o Pan-Americano de 2007 e que prometia transformar para melhor uma das cidades mais desiguais do mundo. Lembremos o discurso: os eventos atrairiam investimentos externos que seriam destinados a infraestrutura e serviços, gerando emprego e renda aos cariocas. No entanto, chegamos ao fim deste ciclo em estado de calamidade decretado pelo próprio Governo do Estado.

Precisamos então entender o que aconteceu no meio do caminho. Em primeiro lugar, o Rio fez opções erradas. O bairro que recebeu 80% dos recursos do orçamento olímpico abriga 5% da população da cidade. O investimento em infraestrutura na Barra da Tijuca justificado pela Olimpíada visa sua expansão urbana e teve um objetivo: preparar os quilômetros de terra vazia para a incorporação imobiliária. Por isso o maior vencedor dos Jogos é um veterano: Carlos Carvalho, da Carvalho Hosken. Estima-se que a Olimpíada tenha sido um negócio de 1 bilhão de dólares para o empresário.

Como não há recursos para tudo, obras fundamentais foram deixadas de lado. A despoluição da Baía de Guanabara, que beneficiaria não só o Rio mas todos os municípios banhados por suas águas, foi abandonada. A urbanização de favelas também ficou só na promessa; a política para as favelas foi outra, a remoção em massa e o assassinato da juventude. 100 mil pessoas foram atingidas, o maior processo de remoção da história, e cerca de 2500 mortas pela polícia desde 2009.

Outra obra deixada de lado foi a construção da primeira fase da linha 3 do metrô, de São Gonçalo a Niterói. No Rio de Janeiro temos as linhas 1, 2 e 4. A preferência em levar o metrô para a Barra fez com que se pulasse a linha que atenderia os trabalhadores da maior cidade da região metropolitana depois da capital, com mais de um milhão de habitantes. Se não bastasse, a linha 4 custou o dobro da linha 3.

Por isso movimentos sociais definem a Rio 2016 como os Jogos da Exclusão. Sob o consenso olímpico, as prioridades do investimento público foram invertidas. Criou-se uma forte justificativa para desviar recursos para intervenções de benefício privado. Há também denúncias de desvio de recursos para o próprio bolso de políticos e empresários. Dessa forma, após receber todos os maiores eventos do mundo na última década, persiste a realidade de uma cidade extremamente desigual, militarizada, com péssimos serviços públicos e ainda mais cara de se viver.

Depois de oito horas no escuro, o grito da vizinhança não era pela medalha ganha, era para comemorar que a luz voltou. A hora não era mais de torcer pelos atletas brasileiros, mas de ver se o motor da geladeira não queimou. O dia a dia no Rio de Janeiro tem muito menos encanto que o da capital olímpica transmitida para o mundo. Amanhã é dia de pegar o ônibus lotado, sem ar-condicionado, outra promessa não cumprida. Mas este tempo vai virar, amanhã vai ser outro dia."

Links: http://cidadespossiveis.tumblr.com/post ... C3%ADmpica

https://www.theguardian.com/sport/2015/ ... alho-barra

http://rioonwatch.org.br/?p=12410

http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noti ... metro.html

http://epoca.globo.com/tempo/noticia/20 ... tores.html

Alguns comemoram. Pra poucos, foi realmente um sucesso. Ô cidade rentável essa! Verdadeiro balcão de negócios.
FORA TODOS! CHEGA DE FISIOLOGISMO, DE POLÍTICOS REACIONÁRIOS E CORRUPTOS! POR UMA SAÍDA À ESQUERDA!

Imagem

Avatar do usuário
FerramentaFJV10Fml
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 600
Registrado em: 30 Dez 2015, 15:33

Re: JOGOS OLÍMPICOS RIO 2016

Mensagem por FerramentaFJV10Fml » 23 Ago 2016, 18:57

O maior legado das olimpíadas é a mudança da imagem do rio pro resto do mundo. A imagem anterior era a mesma dos anos 80/90 (tráfico, prostituição, bala perdida etc). Pode ser que o turismo cresça muito nos próximos anos Tbm.
----------
Olimpíadas deu de 7x1 na copa do mundo, em todos os aspectos. O problema não é o rio...

Avatar do usuário
FerramentaFJV10Fml
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 600
Registrado em: 30 Dez 2015, 15:33

Re: JOGOS OLÍMPICOS RIO 2016

Mensagem por FerramentaFJV10Fml » 23 Ago 2016, 18:59

O maior legado das olimpíadas é a mudança da imagem do rio pro resto do mundo. A imagem anterior era a mesma dos anos 80/90 (tráfico, prostituição, bala perdida etc). Pode ser que o turismo cresça muito nos próximos anos Tbm. Os estrangeiros estão dizendo que foi a melhor olimpíada da história.
--------------
Olimpíadas deu de 7x1 na copa do mundo, em todos os aspectos. O problema não é o rio...

Avatar do usuário
zezymvasco
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 532
Registrado em: 24 Jul 2016, 21:42
Localização: Gotham City

Re: JOGOS OLÍMPICOS RIO 2016

Mensagem por zezymvasco » 23 Ago 2016, 22:50

Finalmente acabou o Circo, agora é hora do povo pagar a conta.

Avatar do usuário
Felipe NFL
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 659
Registrado em: 30 Dez 2015, 21:31

Re: JOGOS OLÍMPICOS RIO 2016

Mensagem por Felipe NFL » 23 Ago 2016, 23:10

zezymvasco escreveu:Finalmente acabou o Circo, agora é hora do povo pagar a conta.
Isso mesmo.

http://extra.globo.com/noticias/economi ... 52406.html
FORA TODOS! CHEGA DE FISIOLOGISMO, DE POLÍTICOS REACIONÁRIOS E CORRUPTOS! POR UMA SAÍDA À ESQUERDA!

Imagem

Mohammed Lisboa
Profissional
Profissional
Mensagens: 6074
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:34
Localização: Jacarepaguá - RJ

Re: JOGOS OLÍMPICOS RIO 2016

Mensagem por Mohammed Lisboa » 24 Ago 2016, 00:38

Felipe NFL escreveu:"O apagar das luzes da cidade olímpica

O último dia de Olimpíada terminou como outro qualquer para uma parte da população do Rio de Janeiro: sem luz. Isso no entorno do palco de encerramento dos Jogos, o estádio do Maracanã. Enquanto o prefeito do Rio passava a bandeira olímpica aos japoneses, os moradores da smart city carioca procuravam uma vela no fundo da gaveta. Após dezenas de bilhões de reais investido, a cidade não resiste a uma chuva de inverno.

Assim fechamos um ciclo de 10 anos de grandes eventos esportivos no Rio de Janeiro, que começou com a preparação para o Pan-Americano de 2007 e que prometia transformar para melhor uma das cidades mais desiguais do mundo. Lembremos o discurso: os eventos atrairiam investimentos externos que seriam destinados a infraestrutura e serviços, gerando emprego e renda aos cariocas. No entanto, chegamos ao fim deste ciclo em estado de calamidade decretado pelo próprio Governo do Estado.

Precisamos então entender o que aconteceu no meio do caminho. Em primeiro lugar, o Rio fez opções erradas. O bairro que recebeu 80% dos recursos do orçamento olímpico abriga 5% da população da cidade. O investimento em infraestrutura na Barra da Tijuca justificado pela Olimpíada visa sua expansão urbana e teve um objetivo: preparar os quilômetros de terra vazia para a incorporação imobiliária. Por isso o maior vencedor dos Jogos é um veterano: Carlos Carvalho, da Carvalho Hosken. Estima-se que a Olimpíada tenha sido um negócio de 1 bilhão de dólares para o empresário.

Como não há recursos para tudo, obras fundamentais foram deixadas de lado. A despoluição da Baía de Guanabara, que beneficiaria não só o Rio mas todos os municípios banhados por suas águas, foi abandonada. A urbanização de favelas também ficou só na promessa; a política para as favelas foi outra, a remoção em massa e o assassinato da juventude. 100 mil pessoas foram atingidas, o maior processo de remoção da história, e cerca de 2500 mortas pela polícia desde 2009.

Outra obra deixada de lado foi a construção da primeira fase da linha 3 do metrô, de São Gonçalo a Niterói. No Rio de Janeiro temos as linhas 1, 2 e 4. A preferência em levar o metrô para a Barra fez com que se pulasse a linha que atenderia os trabalhadores da maior cidade da região metropolitana depois da capital, com mais de um milhão de habitantes. Se não bastasse, a linha 4 custou o dobro da linha 3.

Por isso movimentos sociais definem a Rio 2016 como os Jogos da Exclusão. Sob o consenso olímpico, as prioridades do investimento público foram invertidas. Criou-se uma forte justificativa para desviar recursos para intervenções de benefício privado. Há também denúncias de desvio de recursos para o próprio bolso de políticos e empresários. Dessa forma, após receber todos os maiores eventos do mundo na última década, persiste a realidade de uma cidade extremamente desigual, militarizada, com péssimos serviços públicos e ainda mais cara de se viver.

Depois de oito horas no escuro, o grito da vizinhança não era pela medalha ganha, era para comemorar que a luz voltou. A hora não era mais de torcer pelos atletas brasileiros, mas de ver se o motor da geladeira não queimou. O dia a dia no Rio de Janeiro tem muito menos encanto que o da capital olímpica transmitida para o mundo. Amanhã é dia de pegar o ônibus lotado, sem ar-condicionado, outra promessa não cumprida. Mas este tempo vai virar, amanhã vai ser outro dia."

Links: http://cidadespossiveis.tumblr.com/post ... C3%ADmpica

https://www.theguardian.com/sport/2015/ ... alho-barra

http://rioonwatch.org.br/?p=12410

http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noti ... metro.html

http://epoca.globo.com/tempo/noticia/20 ... tores.html

Alguns comemoram. Pra poucos, foi realmente um sucesso. Ô cidade rentável essa! Verdadeiro balcão de negócios.





"Eu sou brasileiro com muito orgulho e muito amor"
:lol: :lol: :lol: :lol:
FORA EURICO!!

Avatar do usuário
zezymvasco
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 532
Registrado em: 24 Jul 2016, 21:42
Localização: Gotham City

Re: JOGOS OLÍMPICOS RIO 2016

Mensagem por zezymvasco » 24 Ago 2016, 01:23

Felipe NFL escreveu:
zezymvasco escreveu:Finalmente acabou o Circo, agora é hora do povo pagar a conta.
Isso mesmo.

http://extra.globo.com/noticias/economi ... 52406.html
Todos os últimos países que sediaram as Olimpíadas passaram por um período de crise financeira.
A Grécia dispensa comentários, A China do ''país sensação'' agora tenta conter os gastos,o Reino Unido apesar da sua forte economia teve oscilações aliás foi um dos motivos para votar a favor do Brexit.
O Poder de compra do brasileiro em sua maioria é pífio, hoje os impostos comem 40% do que você produz.

Mohammed Lisboa
Profissional
Profissional
Mensagens: 6074
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:34
Localização: Jacarepaguá - RJ

Re: JOGOS OLÍMPICOS RIO 2016

Mensagem por Mohammed Lisboa » 08 Set 2016, 18:45

Polícia investiga se presidente do COI tem relação com cambismo nos Jogos

Patrick Hickey, que se calou à Polícia nesta terça, pedia em mensagens enviadas a Thomas Bach mais ingressos para a Olimpíada no Rio e citava números de Londres

O SporTV teve acesso, com exclusividade, a uma troca de e-mails entre o ex-presidente do Comitê Olímpico da Irlanda, Patrick Hickey, e o atual presidente do Comitê Olímpica Internacional, o alemão Thomas Bach. Desde 2014 até o começo dos Jogos Olímpicos Rio 2016 são 65 e-mails trocados entre Patrick e Bach. Numa das conversas, o dirigente irlandês cobra o presidente do COI mais ingressos, e aponta que em Londres, para a cerimônia de abertura dos Jogos de 2012, ele teve acesso a 84 ingressos, e na Rio 2016 teria recebido apenas 38.
A Polícia aguardava a presença de Thomas Bach no Brasil nesta terça-feira para ouvi-lo, mas o presidente do COI não chegou no país. Aliás, ele não estará presente nesta quarta-feira na cerimônia de abertura dos Jogos Paralímpicos. Assim que Thomas Bach chegar ao Brasil em nova ocasião, ele será intimado como testemunha do caso.
Patrick Hickey, afastado do cargo de presidente do Comitê Olímpico da Irlanda desde o início das denúncias de cambismo, compareceu à Cidade da Polícia (Cidpol) para prestar depoimento ao Núcleo de Apoio aos Grandes Eventos. Ele chegou por volta de 15h25, ao lado de seu advogado, mas não respondeu a nenhuma das 14 perguntas feitas. Ele só deve falar em juízo.
+ Imagens mostram ação da polícia em comitê irlandês na Vila Olímpica
Até o momento são pelo menos nove indiciados em três inquéritos, que convergem num só que foi encaminhado ao Ministério Público, que já denunciou o dirigente irlandês, que já passou de suspeito a acusado. Patrick Hickey é acusado em três crimes: facilitação para o cambismo, com pena de dois a quatro anos de prisão, além de uma multa; marketing de emboscada e organização criminosa. Sete pessoas estão foragidas, já fora do país. No Brasil, além de Patrick, também está impedido de deixar o país o empresário Kevin James Mallon, acusado de receber ingressos no Comitê Olímpico da Irlanda e revender a preços maiores.



http://sportv.globo.com/site/programas/ ... o-rio.html


:knuppel: :lol:
FORA EURICO!!


Voltar para “Área especial: Jogos olímpicos Rio 2016”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante